InternetData CenterAssinante

Santa Catarina investiga se mortes que ocorreram em UTI foram decorrentes de coronavírus

Lacen está analisando 20 óbitos, 12 deles já foram descartados
Santa Catarina investiga se mortes que ocorreram em UTI foram decorrentes de coronavírus
Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom
Por Lucas Renan Domingos Em 04/04/2020 às 11:26

O Governo de Santa Catarina está investigando mortes ocorridas em leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) no Estado. Os exames irão analisar se os casos foram decorrentes de coronavírus ou não. Conforme informou o governador Carlos Moisés, 20 óbitos estavam sendo analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen). Desse número 12 já tiveram resultado negativo para a Covid-19, os oito restantes ainda carecem de confirmação.

Na manhã de hoje, um paciente que estava em tratamento por coronavírus, já com laudo confirmado pelo Lacen, morreu no Hospital São Donato, em Içara. O caso ainda não foi contabilizado pelo Estado.

“Até às 10h30 deste sábado, dia 4 de abril de 2020, são 334 casos confirmados para Covid-19 em Santa Catarina. Desses casos, 90 são em Florianópolis. No momento em todo o Estado temos 121 pessoas em leitos UTI em hospitais públicos e privados, 30 dos casos já são confirmados e 91 são suspeitos”, disse Moisés. “São 78 pessoas usando ventilação mecânica, 21 não estão precisando do equipamento e 22 ainda não temos a informação”, completou.

Leia mais:

Suspeita de morte por coronavírus é descartada pela Fundação Municipal de Saúde de Tubarão
Paciente internado na UTI do Hospital São Donato morre por Covid-19
Paciente de 32 anos que morreu no Hospital São Donato por Covid-19 não estava no grupo de risco