InternetData CenterAssinante

Santa Catarina confirma mais 192 casos de coronavírus

Número de pacientes infectados com a Covid-19 passou de 501 para 693
Santa Catarina confirma mais 192 casos de coronavírus
Foto: Mauricio Vieira/Secom
Por Lucas Renan Domingos Em 09/04/2020 às 19:20

O Governo de Santa Catarina confirmou mais 192 casos de coronavírus no território estadual. Os números foram divulgados pelo governador Carlos Moisés em coletiva na noite desta quinta-feira, dia 9. Agora o Estado passa de 501 para 693 pacientes diagnosticados com a Covid-19. O número de mortes subiu mais um caso, chegando a 18 óbitos.

“Não são somente casos novos. São também exames que chegaram e que estavam na fila para serem liberados”, afirmou Moisés. Dos casos pacientes confirmados, 318 são homens e 375 mulheres. A última morte confirmada foi de uma mulher, de 49 anos, notificada na cidade de Jaraguá do Sul, mas moradora da cidade de Massaranduba.

O governador ainda não confirmou a volta das atividades no comércio, um dos setores mais incisivos para a volta ao trabalho. “Até o sábado, ao meio dia, nós estaremos atualizando todos os dados e as plataformas que estamos acessando para acompanhamento de casos e de leitos. Se tudo transcorrer na maior regularidade, na normalidade que estamos projetando, nós vamos anunciar novas atividades a serem liberadas”, adiantou.


Foto: Maurício Vieira/Secom

Com a liberação de alguns setores econômicos, as movimentações de veículos e pessoas nas ruas aumentou. O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, afirmou que os catarinenses não podem confundir as autorizações condicionadas de funcionamento de alguns setores com liberações e relaxamento do isolamento social.

“Não é o fato de fazermos algumas proibições que vamos conseguir controlar o comportamento de todo mundo. As pessoas precisam participar disso. Quando eu me exponho menos à possibilidade de contágio, melhor vai ser o meu resultado. Quando as pessoas entendem que esse risco não está presente no ambiente, infelizmente nós teremos uma progressão da contaminação”, disse.