InternetData CenterAssinante

Salvaro sinaliza possibilidade de fechamento do Centro de Triagem do bairro Boa Vista

Local está sem ambulância porque o contrato com a empresa foi suspenso
Salvaro sinaliza possibilidade de fechamento do Centro de Triagem do bairro Boa Vista
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 08/05/2020 às 11:59

A Prefeitura de Criciúma inaugurou em março deste ano dois Centros de Triagem (CTs) para o combate ao coronavírus, sendo um na área central (ao lado do Hospital São José) e o outro no bairro Boa Vista na rua João Pirola. O segundo local poderá ser desativado pelo governo municipal. A possibilidade foi sinalizada pelo prefeito Clésio Salvaro na manhã desta sexta-feira, dia 8. 

Em entrevista concedida ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado, Salvaro afirmou que o Centro de Triagem do Boa Vista será desativado e o da área Central continuará funcionando. “Nós fizemos bem o dever de casa no combate a Covid-19. Tomamos todas as medidas com abertura de Centros de Triagem, mas vamos desativar o do Boa Vista. Realizamos higienização nas ruas e no dia 15 [de maio] entregaremos mais 172 leitos no hospital de retaguarda [do Rio Maina]. Com a ajuda da sociedade criciumense ganhamos muitos materiais e fizemos o dever de casa e continuamos fazendo agora com os testes rápidos”, comentou.  

Nessa quinta-feira, dia 7, o jornalista do Portal Engeplus, Thiago Hockmüller, adiantou que os Centros de Triagem poderiam ser fechados. Isto porque o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) denunciou uma suposta irregularidade em um contrato firmado entre a Prefeitura de Criciúma com a empresa Master Vida Transportes e Atendimento de Pacientes Eireli, que forneceu quatro motoristas (socorristas) para a ambulância dos Centros de Triagem do município. Assim que o caso se tornou público, a administração municipal rompeu o contrato com a empresa e portanto não há ambulâncias disponíveis nos CTs.

Sem ambulância, volta o método de cadeiras de rodas. No entanto, no CT do bairro Boa Vista, não há esta possibilidade devido à distância para o Hospital São José (HSJ). “Se tiver problema no Centro de Triagem do Boa Vista e o familiar não conseguir transporte, não vai ser da nossa culpa. Precisamos do transporte. Temos que sim  ter uma ambulância no Centro de Triagem, porque senão vamos ter que fechá-lo”, declarou o diretor técnico da Secretaria de Saúde, Ronald Benedet em entrevista coletiva na última terça-feira no Paço Municipal Marcos Rovaris.

A reportagem do Portal Engeplus entrou em contato com o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, mas não obteve êxito. Por meio da assessoria de comunicação, a Prefeitura informou que uma reunião entre a alta cúpula da Secretaria de Saúde de Criciúma está acontecendo neste momento para tratar do assunto. 

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Criciúma, ainda não há nada definido sobre o assunto. Uma equipe técnica faz os levantamentos sobre atendimentos e possíveis impactos desta decisão, e não há previsão de que esse fechamento aconteça.

Leia mais 

MPSC ajuiza nova ação de improbidade administrativa contra Clésio Salvaro

Prefeitura garante lisura no processo de contratação de motoristas; uma servidora pediu exoneração

Entenda a importância das ambulâncias para os Centros de Triagem; sem elas, CTs podem ser fechados