InternetData CenterAssinante

Projeto de pesquisa da Unesc voltado à Covid-19 é selecionado em edital da Fapesc

O edital contou com quase 100 projetos inscritos e, destes, apenas cinco selecionados
Projeto de pesquisa da Unesc voltado à Covid-19 é selecionado em edital da Fapesc
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 05/06/2020 às 11:49

O projeto de pesquisa submetido pelo Grupo de Pesquisa Biotech da Unesc está entre os contemplados no edital lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) com foco no fomento de ações emergenciais aos efeitos da Covid-19. O edital aberto para Instituições de Ciência e Tecnologia de todo o Estado contou com quase 100 projetos inscritos e, destes, apenas cinco selecionados para o custeio da Fundação, entre eles o da Unesc, avaliado com nota máxima.

Intitulado “Fastdiag-Covid-19-Ultra: teste sorológico rápido e ultrassensível para a Covid-19”, o projeto foi desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa Biotech, liderado pelo professor doutor Ricardo Andrez Machado de Ávila. Conforme Ricardo, o trabalho envolverá a participação de pesquisadores não só de Criciúma, mas também de Florianópolis, Minas Gerais, Manaus e Tocantins. “Vamos utilizar bancos de amostras de pacientes que tiveram a Covid-19. O propósito é encontrar uma forma de diagnóstico mais rápida e precisa sem a falha de falsos resultados negativos”, explica.

Para o professor, o resultado de destaque foi possível graças ao empenho e à disciplina da equipe. “Todo o trabalho foi escrito pelos alunos com muita dedicação. Tínhamos a expectativa de estar entre os selecionados, mas com ressalvas por saber que seria um edital muito concorrido. O grupo está muito feliz e empolgado para colocar em prática”, completa.

A pesquisa servirá como base para a tese da doutoranda do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Unesc, Rahisa Scussel. A notícia da aprovação do projeto, desta forma, também com entusiasmo pela estudante. “Essa será uma forma de ligar a pesquisa com a prática, aplicar o conhecimento em prol da sociedade. É uma grande oportunidade para nós, cientistas, que trabalhamos com esse propósito”, afirma.

Trabalharão em conjunto com os pesquisadores da Unesc nesta iniciativa profissionais da Fundação Ezequiel Dias (MG), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Fundação Oswaldo Cruz, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O projeto liderado pela Unesc já parte para a fundamentação bibliográfica e tem o período de um ano para conclusão. O valor investido na pesquisa por meio da Fapesc será de R$ 100 mil.

Orgulho e incentivo

A notícia da seleção do projeto foi recebida também com orgulho pela gestão da Universidade. Para a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, esse será mais um grande passo dado pela Instituição entre tantas ações de apoio à comunidade e enfrentamento à pandemia. “O resultado mostra o destaque da Instituição também no que diz respeito à pesquisa. Somos grandes e temos os melhores profissionais e pesquisadores no nosso time, pronto para trabalhar na busca das melhores soluções. É a ciência mostrando mais uma vez seu valor”, coloca.

Leia mais sobre: