InternetData CenterAssinante

Prefeitos da Amurel ampliam restrições e definem calendário para emissão de novos decretos

Nesta segunda-feira, às 14 horas, os prefeitos realizam mais uma assembleia
Prefeitos da Amurel ampliam restrições e definem calendário para emissão de novos decretos
Foto: Ramires Linhares/Decom
Por Redação Engeplus Em 12/07/2020 às 19:09

Desde a última quarta-feira, quando Santa Catarina mudou a classificação da matriz de risco da pandemia na região da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel) para o nível gravíssimo, os prefeitos dos 18 municípios têm se reunido para debater o assunto e definir medidas que possam contribuir no combate ao avanço da Covid-19.

Após o Comitês Extraordinário de Saúde ter emitido sugestão de novas restrições, outras reuniões e levantamentos foram realizados, munindo os gestores para a tomada de decisão. Em nova videoconferência, na tarde deste domingo, dia 12, os prefeitos decidiram por prorrogar a validade dos atuais decretos, que regulam o tema nos municípios, até a próxima quinta-feira, dia 16, estabelecendo uma agenda de novas discussões.

Nesta segunda-feira, às 14 horas, os prefeitos realizam mais uma assembleia tendo como convidados os representantes da Associação de Supermercadistas de Santa Catarina, para discutir alguns pontos para novas medidas. Logo após, às 15 horas, um novo encontro, onde as ações de combate à pandemia serão discutidas com os representantes políticos do Sul do estado, como deputados estaduais e federais, além de representantes do Ministério Público, dos hospitais e da Fecam, com a presença da imprensa.

A partir de segunda-feira, dia 13, também continuam as negociações com hospitais da região, para o credenciamento de diárias de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a serem utilizadas por pacientes da Amurel. Na próxima quarta-feira, após ser conhecida a nova classificação de risco da região e, com os resultados das assembleias e outras discussões, inclusive o parecer do Comitê de Saúde, os prefeitos voltam a se reunir e definirão os novos decretos, que conterão novas medidas.

No entanto, junto com a prorrogação dos decretos atuais, os municípios ampliaram as restrições em pelo menos dois pontos: um deles é a redução da permissão de atendimento de qualquer estabelecimento, para apenas 40% da capacidade; o outro é a intensificação da fiscalização e novas determinações para o acesso de pessoas aos estabelecimentos, como por exemplo as filas de bancos e lotéricas, que vai poder conter apenas 15 pessoas e o acesso aos supermercados, por apenas uma pessoa por família. Todas as demais medidas continuam valendo, como pode ser conferido no Decreto 5135/2020, de Tubarão, que pode ser acessado no anexo.

Outra situação que foi alterada com a reedição do decreto, foi com relação aos jogos de futebol profissional, que agora também estão proibidos, continuando possíveis apenas os treinos, dentro dos protocolos exigidos. Para o prefeito Joares Ponticelli, que também reuniu o Comitê de Crise de Saúde municipal neste domingo, dia 12, o assunto precisa ser bastante discutido para que novas medidas sejam tomadas com segurança.

“Não é fácil tomar qualquer decisão sem o completo embasamento, sem que todos os lados sejam ouvidos, sem que os critérios e regras legais sejam obedecidos. Por isso os prefeitos criaram essa agenda durante a semana, para até quinta-feira, tomarmos outras medidas”, avaliou.

Quanto as restrições acrescentadas ao atual decreto, Joares avalia como importantes. “A única recomendação que tem algum consenso é a do afastamento social, por isso vamos tentar, de imediato, diminuir as aglomerações nos locais onde hoje ocorrem, como nas filas de bancos, nos supermercados e em alguns comércios”, finalizou o prefeito.