InternetData CenterAssinante

Praça da Chaminé ganha árvores nativas e nova iluminação pública

Prefeitura também implantou blocos de grama e instalará um novo playground infantil
Praça da Chaminé ganha árvores nativas e nova iluminação pública
Foto: Jhulian Pereira / Prefeitura Criciúma
Por Redação Engeplus Em 20/02/2020 às 08:24

Uma das principais praças públicas de Criciúma, a Praça da Chaminé Sezostris de Rezende Corrêa, conhecida como Praça da Chaminé, segue recebendo melhorias da Administração Municipal. Inaugurada em 1984, a área de lazer localizada no bairro Próspera ganhou mudas de ipês, blocos de grama, calçadas e um novo sistema de iluminação pública, com 84 luminárias de LED.

A praça recebeu mais de 20 mudas de ipês-roxo e ipês-amarelos. As árvores foram plantadas pela Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri). “Os ipês são árvores nativas. Foram plantadas árvores consideradas adultas, com aproximadamente 2,5 metros de altura”, conta a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato.

Para facilitar o embarque e desembarque dos mais de 190 alunos do Centro de Educação Infantil (CEI) Afasc Lino Pizzetti, inaugurado neste mês no local, uma área foi pavimentada, com lajotas, pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana. Lixeiras e assentos também serão disponibilizados na praça.

“Estamos fazendo uma série de melhorias na Praça da Chaminé. Há um projeto que prevê a adequação dos caminhos, com novas calçadas, a ampliação do estacionamento e a implantação de um novo playground infantil. Já removemos os eucaliptos por causa do risco de queda, plantamos ipês e colocamos mais de 2 mil m² de grama”, destaca a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski.

Praça da Chaminé

A praça é conhecida como Praça da Chaminé devido à permanência da chaminé, inaugurada em 1943, que pertencia à usina elétrica da Carbonífera Próspera S.A. Para funcionar e gerar energia, a usina captava água de um açude local. “A praça faz parte da história da cidade e representa o valor da indústria de Criciúma. Hoje, ela é um dos cartões postais do município e vai ficar ainda mais bonita”, ressalta o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

A lei municipal n° 2.377, que denomina a área como Praça da Chaminé Sezostris de Rezende Corrêa, foi publicada no dia 26 de setembro de 1988.