InternetData CenterAssinante

Policiais prestam últimas homenagens para a sargento Regiane Miranda

Corpo da policial assassinada por ex-marido foi sepultado na manhã desta terça-feira
Policiais prestam últimas homenagens para a sargento Regiane Miranda
Foto: Divulgação/6ªRPM
Por Lucas Renan Domingos Em 14/07/2020 às 15:29

A comoção e as homenagens marcaram, na manhã desta terça-feira, dia 14, o sepultamento da sargento da Polícia Militar (PM), Regiane Miranda. Após o velório, realizado no Ginásio Municipal de Esportes Ideal Esporte Clube. no Centro, em Forquilhinha, aconteceram os atos militares fúnebres e o corpo da sargento foi levado em comboio até o cemitério. 

Na região, policiais militares de diferentes batalhões também se reunirão em frente aos quartéis para prestar a última continência para Regiane. A policial foi morta pelo ex-marido na manhã dessa segunda-feira, dia 13, depois de ser atingida por um disparo de arma de fogo. Ele, um ex-PM, também tirou a própria vida após cometer o feminicídio. Regiane fazia parte da guarnição de Forquilhinha, comandanda pelo 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), de Criciúma.

"É mais fácil falar do que ele fez, do que a sargento Regiane produziu e deixou de legado na Polícia Militar de Santa Catarina. Ela ingressou na PM em 2004 como soldado. Atuou na Rádio Patrulha e atualmente atuava no Pelotão de Forquilhinha. Foi atrás de seu sonho, prestou o concurso para sargento e atuava como instrutora do Proerd e auxiliava na Rede de Segurança Comercial, na Rede de Vizinhos e também na Patrulha Maria da Penha, da Rede Catarina de Proteção à Mulher. Muito proativa, organizada e dedicada nas suas tarefas, sempre bem fardada, alegre, dinâmica. As coisas que vão ficar são os bons momentos. Sempre vibrou com seu serviço na PMSC. Vai deixar uma saudade imensa", disse o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade.

Veja abaixo alguns vídeos das homenagens: