InternetData CenterAssinante

Pelo Twitter, Bolsonaro chama Sérgio Moro de Judas

Moro irá depor hoje sobre acusações feitas contra presidente sobre interferência na PF
Pelo Twitter, Bolsonaro chama Sérgio Moro de Judas
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por Lucas Renan Domingos Em 02/05/2020 às 11:56

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar Sérgio Moro por meio das redes sociais. Em uma publicação no Twitter na manhã deste sábado, dia 2, ele chamou o ex-ministro da Justiça de “Judas”, fazendo referência a apóstolo que traiu Jesus Cristo.

Moro é aguardado na sede da Polícia Federal (PF) de Curitiba neste sábado, onde irá depor sobre as acusações feitas ao presidente durante a coletiva onde anunciou sua demissão. Na oportunidade, o ex-ministro acusou Bolsonaro de tentar interferir nas investigações da PF.

Na publicação, Bolsonaro compartilha um vídeo que comenta o ataque sofrido por ele ainda durante em sua campanha eleitoral em 2018, quando foi esfaqueado. Na postagem, mais uma vez, o presidente questionou Moro por não investigar o caso.

“Os mandantes estão em Brasília? O Judas, que hoje deporá, interferiu para que não se investigasse? Nada farei que não esteja de acordo com a Constituição. Mas também não admitirei que façam contra mim e ao nosso Brasil passando por cima da mesma”, escreveu Bolsonaro.

Confira mais de Geral