InternetData CenterAssinante

Museu de Zoologia da Unesc lança programa para auxiliar escolas no processo de ensino da fauna

ABC Animal trará informações inicialmente, sobre 300 espécies do museu
Museu de Zoologia da Unesc lança programa para auxiliar escolas no processo de ensino da fauna
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 30/10/2020 às 11:26

O Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Unesc, lançou mais uma iniciativa que vai colaborar com a educação do Sul e Extremo Sul catarinense. Trata-se do programa ABC Animal, que permite o acesso online há informações das espécies da fauna brasileira presentes no museu. O ABC Animal pode ser acessado pelo site do Museu de Zoologia.

A coordenadora do Museu de Zoologia, Morgana Cirimbelli Gaidzinski, conta que a ideia do programa surgiu a partir da nova situação enfrentada com a pandemia, que impediu a vinda de estudantes para realizar visitas ao local. Outro ponto levado em consideração foi a grande quantidade de animais no acervo do museu, mais de 1.500 espécimes, o que impossibilitaria que os visitantes conseguissem conhecer todos de única vez.

“O ABC Animal visa contribuir com a popularização e difusão do conhecimento sobre a fauna. Ele também é um instrumento didático para fortalecer o processo de educação que está sendo mediado por tecnologias”, afirma.

Morgana explica que no site do Museu, os estudantes encontrarão informações referentes à taxonomia, à descrição da espécie, ao habitat, aos hábitos alimentares e à reprodução, além de outras informações sobre as diferentes espécies animais que habitam os principais biomas brasileiros, como a Floresta Atlântica, Floresta Amazônica, o Serrado, a Caatinga, o Pantanal, os Pampas, bem como espécies representativas de outros países e do ambiente marinho.

A coordenadora do Museu de Zoologia da Unesc comenta ainda que o programa contribuirá para aprofundar o conhecimento dos estudantes e demais visitantes do local. Além disso, o ABC Animal vai colaborar para que os alunos em fase escolar desenvolvam a proatividade nos estudos, ao realizar busca, seleção, registro e organização de informações.

Inicialmente, o ABC Animal trará informações de 300 espécies. Posteriormente, esse número passará para 600 espécies de animais.

Colaboração: Milena Nandi/Agência de Comunicação da Unesc 

Leia mais sobre: