InternetData CenterAssinante

Morro da Fumaça: nova captação de água do Samae já está em funcionamento

A água está sendo coletada em lagoas antigas que foram utilizadas para extração de areia
Morro da Fumaça: nova captação de água do Samae já está em funcionamento
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 31/05/2020 às 12:18

Com a estiagem que afeta a região, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae), de Morro da Fumaça acelerou ainda mais as obras para captar água em um novo local, garantindo manter o abastecimento na cidade. A água está sendo coletada em lagoas antigas que foram utilizadas para extração de areia.

Na última sexta-feira, dia 29, a equipe do Samae trabalhou durante 12 horas consecutivas para deixar a obra pronta. “Foram realizadas escavações, instalação de tubulação e todos os trabalhos necessários. Com a indisponibilidade de energia no local, o Samae usa um gerador alugado que já está em funcionamento no local”, comentu o diretor do Samae de Morro da Fumaça, Rogério Sorato.

Sorato diz que além de análises físico químicas, devido à urgência, a captação foi montada de forma provisória, mas em breve será feita a definitiva. “O Samae licitou em dezembro mais de seis quilômetros de tubulação que chegam na cidade nesta semana para fazermos mais ampliações de redes”, explicou.

O prefeito, Noi Coral acompanhou Sorato em visita à nova captação. “O Samae, junto à Defesa Civil, à Secretaria de Infraestrutura e outros órgãos, está trabalhando incansavelmente com a meta de não deixar faltar água aos fumacenses. Também pedimos a compreensão de todos para utilização da água de forma consciente, pois estamos passando um período difícil de estiagem”, salientou o prefeito. 

Devido à falta de chuva, o Rio Vargedo, onde está a principal captação do Samae, diminuiu a vazão de 140 metros cúbicos por hora para 30 metros cúbicos por hora. “É um grande déficit que o Samae e os outros departamentos buscam suprir para que assim não falte água para ninguém. Este trabalho constante evita a necessidade de racionamento. Com cada um dando a sua contribuição, utilizando a água com economia, vamos tentar não fazer racionamento”, enfatizou o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.