InternetData CenterAssinante

Medalhistas panamericanas criam ‘Vakinha’ para participar de etapas do Circuito Mundial

Sabrina e Carolaini Pereira precisam de R$ 15 mil para ir ao Marrocos e à Espanha
Medalhistas panamericanas criam ‘Vakinha’ para participar de etapas do Circuito Mundial
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 18/02/2020 às 16:13

As irmãs Sabrina Pereira e Carolaini Pereira, medalhistas de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, enfrentarão novos desafios em 2020. Elas estão em preparação para viajar para a Espanha e para o Marrocos, onde desejam participar de duas etapas do Circuito Mundial de Karatê. Para isso, precisam de ajuda com recursos financeiros e lançaram uma “Vakinha”, visando arrecadar o dinheiro.

A participação nas competições no exterior também possuem um propósito. A presença da dupla nos torneios garantirá para elas o topo do ranking nacional, colocará as karatecas entre as melhores da modalidade no mundo e, automaticamente, ganham pontos importantes em busca da vaga nas Olimpíadas de 2020, que acontece entre julho e agosto, em Tóquio, no Japão.

“Essas competições são muito importantes para nós. Assim como a gente, vários outros competidores estão correndo atrás da vaga olímpica. Participar do Circuito Mundial nos dá visibilidade na modalidade e também acrescenta em nossa experiência”, disse Sabrina.

O valor estabelecido no financiamento coletivo foi de R$ 15 mil. A arrecadação foi lançada no último domingo, dia 16, e já recebeu as primeiras doações. “É um que será utilizado para as passagens. Para se ter uma ideia, somente para uma pessoa ir até Marrocos é R$ 8 mil. Então neste valor não está incluso nem as nossas diárias, alimentação e custos que temos”, contou Carolaini.

A primeira das duas etapas será justamente no país africano. Logo na sequência, elas embarcam rumo a Madrid, na Espanha. “Temos um carinho enorme por todos de Içara e da nossa região. Eles sempre abraçaram nossos projetos e estamos confiantes que vai dar certo mais uma vez”, projetou Sabrina.

A “Vakinha” pode ser acessada clicando aqui. Os pagamentos podem ser feitos por boleto ou cartão de crédito. “Tem algumas pessoas que estão nos procurando e entregando o dinheiro pessoalmente”, completou Carolaini.