InternetData CenterAssinante

Mais de duas mil pessoas já foram beneficiadas por campanhas parceiras da Equipe Multi-Institucional

Última entrega aconteceu no Farol de Santa Marta em Laguna
Mais de duas mil pessoas já foram beneficiadas por campanhas parceiras da Equipe Multi-Institucional
Foto: Eduardo Schaucoski/Impacto Fotos
Por Thiago Hockmüller Em 22/05/2020 às 11:42

A Equipe Multi-Institucional segue levando esperança para famílias carentes da região Sul do Estado. Ao todo, mais de 1,5 mil cestas básicas já foram entregues, além de mil máscaras, vale-alimentação e vale-gás. Estima-se que cerca de duas mil famílias já tenham sido alcançadas, chegando a mais de seis mil pessoas beneficiadas. 

Nessa quinta-feira, dia 21, a equipe participou de uma entrega no Farol de Santa Marta em Laguna. A iniciativa aconteceu após um chamamento realizado pela Associação de Pescadores em conjunto com agentes comunitários. A equipe partiu com 40 cestas básicas, oriundas do 28° Grupo de Artilharia de Campanha (28°GAC), que se somaram a mais 10 entregues pela Companhia do Exército em Tubarão.

A constatação da necessidade também foi comprovada pela Marinha. “Semana que vem continuaremos, temos alimentos disponíveis. Enquanto tiver campanha vamos dar entrada, mas já vamos destinar os alimentos porque tem famílias precisando”, explica o presidente da Cruz Vermelha e coordenador da Equipe Multi-Institucional, Almir Fernandes.

Toda a arrecadação parte de doações individuais ou de pessoas que procuram campanhas parceiras da Equipe Multi-Institucional, como a Alma Garra e Doação, que foi organizada pelo Criciúma Esporte Clube em conjunto com a Unesc, a Juntos de Coração, pela Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e Associados, e Solidariedade em Dobro (UNQ). 

Também há iniciativas como dos servidores da Câmara de Vereadores de Criciúma e lives solidárias. “Toda hora tem movimentação. Cheguei agora na Cruz Vermelha com o objetivo de recolher mais 140 quilos de alimentos oriundos de uma cervejaria. Já estamos precisando fazer quase um retorno nas famílias que já receberam. Quem recebeu em março, já não tem mais, por conta de ainda não terem emprego garantido. Por isso a importância de continuarem com as doações”, pondera. 

Até o momento, foram beneficiadas famílias em vulnerabilidade social de Criciúma, Forquilhinha, Balneário Rincão, Laguna (Farol de Sta Marta), além de 2,5 toneladas de alimentos para 15 Instituições Assistenciais das regiões da Associações dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e Associações dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).