InternetData CenterAssinante

Mais de 2 mil pessoas já se vacinaram contra o sarampo em Criciúma

Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão abertas das 8 às 17 horas
Mais de 2 mil pessoas já se vacinaram contra o sarampo em Criciúma
Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom
Por Rafaela Custódio Em 17/02/2020 às 10:35

A cidade de Criciúma está superando as expectativas em relação a Campanha de Vacinação contra o sarampo e até o momento 2.1 mil pessoas já se vacinaram, porém 7,5 mil pacientes foram até as Unidades Básicas de Saúde (UBS), porém já estavam vacinadas ou não estavam no quadro da campanha. Santa Catarina optou por ampliar a faixa etária e vacinar pessoas com idade entre seis meses e 49 anos de idade  - a recomendação do Ministério da Saúde (MS) era englobar pessoas entre cinco e 19 anos. A campanha segue até o dia 13 de março. 

Segundo a técnica em Enfermagem do Programa de Imunização, Kelli Barp Zanette, o dia ‘D’ de mobilização nacional foi realizada no último sábado e em Criciúma foi bastante proveitoso. “Tivemos unidades que fecharam depois das 17 horas que era o horário previsto, mas atendemos todas as pessoas que foram até a unidade. Como a campanha é seletiva, nós temos que chamar as pessoas para conferir se a carteirinha está atualizada ou não. Até o momento 83% da população que está dentro do público alvo foi vacinada ”, comenta. 

Pessoas com o esquema completo de doses não precisam tomar a vacina novamente. Aqueles que não têm a caderneta, não lembram ou não sabem se completaram o esquema vacinal, precisam tomar as doses desta forma:

- seis meses de vida: dose zero

- um ano de idade: primeira dose

- um ano e três meses: segunda dose

- até 29 anos de idade: a pessoa precisa ter duas doses

- de 30 a 49 anos de idade: a pessoa precisa ter uma dose

Sarampo em Santa Catarina

Entre 2019 e 25 de janeiro de 2020, foram confirmados 319 casos de sarampo em Santa Catarina. A faixa etária mais acometida pela doença é a de pessoas com idade entre 15 e 29 anos, com 73,6% (235) do total de casos. Dos 295 municípios catarinenses, 39 já registraram casos de sarampo. Os municípios com mais casos são: Joinville (138), Florianópolis (46), Concórdia (18), Porto União (15), Jaraguá do Sul (14).

Sarampo

O sarampo é uma doença respiratória, extremamente contagiosa que pode causar complicações como pneumonia e encefalite e, em casos mais graves, levar à morte. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar e o vírus pode permanecer no ambiente por até duas horas. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacinação.