InternetData CenterAssinante

Lojas de chocolates estão funcionando normalmente nesta segunda-feira em Criciúma

A reabertura foi autorizada pelo governador Carlos Moisés
Lojas de chocolates estão funcionando normalmente nesta segunda-feira em Criciúma
Foto: Rafaela Custódio/Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 06/04/2020 às 12:49

Visando a Páscoa que acontece no próximo domingo, dia 12, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, autorizou a reabertura das lojas de chocolates no Estado. A intenção é aumentar as vendas e já começar a mexer na economia no território catarinense. 

Na manhã desta segunda-feira, dia 6, os comércios de chocolates da Capital do Carvão estavam abertos, porém sem muito movimento. Além disso, lojas de 1,99 que comercializam chocolates também estavam abertas.

O anúncio que lojas de chocolates poderiam abrir foi feito no último sábado, dia 4, pelo site oficial do governo de Santa Catarina. Além disso, nesse domingo, Carlos Moisés autorizou a retomada de algumas atividades. Veja abaixo a lista dos setores autorizados: 

Art. 1º Ficam autorizadas, em todo o território catarinense, a partir de 06 de abril de 2020, a realização de atividades exercidas por:

I - profissionais autônomos/liberais de saúde, tais como médicos, médicos veterinários, fisioterapeutas, odontólogos, biomédicos, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos, farmacêuticos, nutricionistas, entre outros;

II - profissionais autônomos/liberais de interesse da saúde, tais como terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos, cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicures, depiladores, massagistas, podólogos, entre outros;

III - profissionais autônomos/liberais em geral, tais como advogados, contadores, administradores, jardineiros, limpadores de piscina, cozinheiros, faxineiras, empregados domésticos, encanadores, entre outros;

IV - clínicas, consultórios, serviços de diagnóstico por imagens, serviços de óticas, laboratórios óticos, serviços de assistência e prótese odontológica e escritórios em geral.

Leia mais sobre: