InternetData CenterAssinante

Inscrições para concorrer a bolsas de pesquisa e inovação em SC terminam nesta sexta-feira

Chamada tem como objetivo recrutar 20 bolsistas para atuar nos órgãos públicos
Inscrições para concorrer a bolsas de pesquisa e inovação em SC terminam nesta sexta-feira
Foto: Cristiano Estrela/Arquivo /Secom
Por Redação Engeplus Em 04/03/2020 às 12:48

Faltam apenas três dias para o fim do prazo de inscrições para o primeiro edital lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) em 2020. A chamada tem como objetivo recrutar 20 bolsistas para atuar em pesquisa e inovação nos órgãos públicos. O prazo para participar termina em 6 de março. 

Os candidatos devem ter ensino superior completo com especialização ou cursos em gestão de projetos. A remuneração prevista é de R$ 4 mil por mês durante um ano, prazo que poderá ser prorrogado por mais 12 meses. 

“Para nós da Fapesc é uma satisfação iniciar um programa para levar a inovação e os objetivos de pesquisa para dentro do Estado de Santa Catarina. Nós visamos, junto com o governo, fazer uma melhoria da gestão pública em termos de projetos, indicadores e eficiência nas entregas que serão feitas aos cidadãos catarinenses”, destaca o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen

O edital 01/2020 está disponível no site da Fapesc. Caso haja dúvida, o candidato poderá enviar e-mail para programagestaopublica@fapesc.sc.gov.br. 

Programa fomenta a inovação  

Essa chamada faz parte do Programa Catarinense de Ciência, Tecnologia e Inovação na Gestão Pública, resultado de uma parceria entre a Fapesc e a Secretaria da Administração do Governo do Estado. Serão selecionados, ao todo, 20 especialistas para o recém-criado Núcleo de Projetos Setoriais (NUPROJ), que receberá suporte do Escritório de Gestão de Projetos (EPROJ). 

“Este núcleo atuará em consonância com o Escritório de Projetos, aplicando a nossa metodologia, nossos sistemas e nossas boas práticas para que possamos melhorar a eficiência na gestão pública e proporcionar uma melhor aplicação dos recursos”, destaca um dos coordenadores do EPROJ, Vitor Corrêa Corrêa

Já o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, destaca que a qualidade na prestação de serviços passa por inovação e melhorias nos processos. Os ganhos são ainda maiores se o poder público contar com mão de obra capacitada, especialmente nos campos de pesquisa e excelência da gestão pública.  

“Investir em soluções para oferecer mais qualidade na prestação de serviços à população é estimular melhorias e inovação, que auxiliam no avanço do desenvolvimento do nosso Estado”, observa Esmeraldino. 

Para o secretário da Administração, Jorge Eduardo Tasca, a parceria entre a Fapesc e o Escritório de Gestão de Projetos permitirá atrair esses profissionais capacitados. 

“Essa é uma ação muito especial para qualificar o nosso corpo técnico e apoiar o trabalho dos servidores públicos nos órgãos do poder executivo estadual. Por meio dos projetos bem elaborados, bem executados é que nós iremos entregar os resultados que a sociedade catarinense espera”, diz. 

Leia mais sobre: