InternetData CenterAssinante

Hospital São José receberá dez respiradores do governo do estado

Os critérios da entrega respeitam a taxa de ocupação de leitos
Hospital São José receberá dez respiradores do governo do estado
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 27/05/2020 às 11:59

O Hospital São José (HSJ) de Criciúma receberá dez respiradores do governo de Santa Catarina. O estado adquiriu 100 equipamentos da WEG S.A – empresa de Jaraguá do Sul –, nessa terça-feira, dia 26, e os aparelhos foram divididos para diversas instituições. A distribuição começa nesta quarta-feira, para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) de todas as macrorregiões catarinenses.

"Esse é mais um passo importante no combate ao coronavírus. Com esses novos respiradores avançamos na nossa prioridade que é proteger a vida e garantir o atendimento aos catarinenses", comenta o governador Carlos Moisés.

O HSJ conta com 45 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Criciúma na noite dessa terça-feira, dia 26, nove leitos de UTI estão ocupados em virtude da Covid-19, sendo que oito pessoas são confirmadas com a doença e uma é suspeita e aguarda o resultado do exame do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). 

Segundo a assessoria de comunicação do estado, os critérios da entrega respeitam a taxa de ocupação de leitos e o número de casos positivados das últimas 48 horas. Outros sete equipamentos permanecerão como reserva técnica para suprir eventuais situações de emergência. Confira a lista completa: 

10 unidades para Hospital São José (Joinville)

10 unidades para Hospital Regional do Oeste (Chapecó)

20 unidades para Hospital Marieta Konder Bornhausen (Itajaí)

10 unidades para Hospital São José (Criciúma)

13 unidades para Hospital e Maternidade Tereza Ramos (Lages)

10 unidades para Hospital Terezinha Gaio Basso (São Miguel do Oeste)

10 unidades para Hospital OASE (Timbó)

10 unidades para Hospital Azambuja (Brusque)

 

Leia mais sobre: