InternetData CenterAssinante

Greve dos Correios chega ao fim após 35 dias de paralisação

A categoria teve um reajuste salarial de 2,6%
Greve dos Correios chega ao fim após 35 dias de paralisação
Foto: Divulgação/Correios
Por Rafaela Custódio Em 23/09/2020 às 08:18

Após cinco semanas de paralisação, chegou ao fim a greve dos Correios em Santa Catarina. A decisão do retorno ao trabalho aconteceu em assembleia realizada de forma virtual na noite dessa terça-feira, dia 22. A categoria teve um reajuste salarial de 2,6% anunciado pelo Tribunal do Superior do Trabalho (TST) na última segunda-feira. 

Em nota, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (FENTECT) avaliou que a greve foi vitoriosa no sentido da construção da unidade da classe trabalhadora. “Esse movimento, que aconteceu nesses últimos 35 dias, mostrou toda a força na organização dos trabalhadores e resistência aos ataques sistemáticos, tanto por parte do governo federal, quanto do judiciário. A FENTECT parabeniza todos os trabalhadores e trabalhadoras que estiveram nessa greve construindo a luta da categoria no dia a dia”, diz a nota. 

O Tribunal do Superior do Trabalho (TST) julgou o dissídio coletivo ingressado pelos Correios e decidiu que manterá as cláusulas propostas pela empresa, entre elas vale alimentação/refeição, com a inclusão de outras cláusulas de caráter social. O tribunal também determinou a correção salarial em 2,6%. Sobre os dias parados, foi decidido que metade do período será descontado em folha e a outra metade será compensada. 

A direção dos Correios informou por meio de nota que segue executando o plano de continuidade do negócio, com a realização de mutirões de entrega, inclusive em fins de semana e feriados, com o objetivo de reduzir os efeitos da paralisação parcial dos empregados à população.

Leia mais sobre: