InternetData CenterAssinante

Governo de Cocal do Sul construirá canal auxiliar para conter as cheias na área central

Ordem de serviço para início das obras já foi entregue
Governo de Cocal do Sul construirá canal auxiliar para conter as cheias na área central
Foto: Reprodução
Por Redação Engeplus Em 22/07/2020 às 15:33

A Prefeitura de Cocal do Sul irá construir um canal auxiliar para o Rio Tigre, que passa em baixo da empresa Eliane. O investimento é de R$ 1,17 milhão do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) da Caixa Econômica Federal. A ordem de serviço já foi entregue para empresa que vai executar a obra, a Zaluz Terraplenagem e Transportes. A extensão do canal é de 270 metros e a previsão é de quatro meses para a conclusão

A obra deve encerrar com o drama dos moradores que moram próximo da Câmara de Vereadores de Cocal do Sul. Luciano Casagrande mora no local a cerca de 18 anos e enfrentou alagamentos ocasionados por forte chuvas, como em 2010 quando enfrentou chuva de dois dias e meio. “Tive um prejuízo em torno de R$ 30mil. A cheia foi de mais de um metro acima da rua. Entrou muita água dentro de casa e acabou com meus moveis. Sem falar da sujeira, onde passamos a noite em claro, com muito lodo. Só fomos terminar de limpar tudo no dia seguinte, duas horas da tarde”, recorda.

O vizinho de Luciano, Ademir Woyciekowski, o Polaco, também relembra os prejuízos dele e do pai. “Já tive prejuízo com móveis. Quando meu pai morava ali, também perdeu tudo dentro de casa. Qualquer chuva um pouco mais duradoura enchia tudo de água, bem rápido. Uma vez quase chegou na janela”, descreve Polaco.

Tanto Luciano, quanto Polaco, descrevem uma certe expectativa com a obra. “Algumas pessoas me diziam que prefeito nenhum iria fazer, porque era dinheiro enterrado”, diz Luciano, que afirma ter cobrado muito uma solução da administração pública, inclusive organizando abaixo assinado em 2010, com quase duas mil assinaturas. “A obra não tem preço. Alguém precisava fazer. Uma obra igual a essa é muito importante para esse bairro”, afirma Polaco.

Colaboração: Antonio Rozeng/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cocal do Sul