InternetData CenterAssinante

Estado procura outro hospital para ser referência no tratamento de coronavírus na região Sul

HRA já havia sido escolhido para atender os pacientes, mas medida está sendo revista
Estado procura outro hospital para ser referência no tratamento de coronavírus na região Sul
Foto: Mauricio Vieira/Secom
Por Lucas Renan Domingos Em 13/04/2020 às 19:36

O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, confirmou, durante coletiva na noite desta segunda-feira, dia 13, que o Governo de Santa Catarina procura outro hospital para ser referência em tratamento de Covid-19 no Sul. No dia 30 de março, o governador Carlos Moisés havia anunciado que o Hospital Regional de Araranguá (HRA) seria dedicado para o atendimento aos casos de coronavírus na região, mas a decisão está sendo revista.

Como havia noticiado o Portal Engeplus, a intenção inicial do Estado era montar no Sul um hospital para ser integralmente dedicado ao Covid-19. Como o HRA também é a referência na região da Amesc para pacientes com outros tipos de agravos, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) estuda uma segunda opção.

“No dia de hoje fizemos contato com organização social que faz a gestão da unidade (do HRA). Eles nos explicaram a dificuldade que estão tendo no sentido de ampliação dos leitos de UTI, por conta dos ambulatórios que o hospital mantém aberto, das portas de urgência e emergência, de ginecologia, de pediatria que eles possuem”, afirmou Zeferino.

O HRA ainda não está totalmente descartado. As negociações prosseguem com o Instituto Maria Schmitt (IMAS), que administra a unidade. Porém o secretário deixou claro que o desejo ainda é por uma unidade exclusiva para atender os pacientes positividos para o vírus.

“Precisamos manter os demais atendimentos e não podemos interromper o processo que lá está instalado. A própria administração do hospital de Araranguá já apresenta dificuldades operacionais para conseguir ampliar isso. É muito factível que a gente possa buscar em outros hospitais da região essa referência e essa dedicação para Covid-19. Continuaremos atendendo outras doenças e Covid-19 em Araranguá. Apenas estamos buscando um hospital para ser integralmente dedicado ao Covid-19”, disse Zeferino.