InternetData CenterAssinante

Equipe Multi-Institucional na linha de frente da solidariedade

Grupo participa de campanhas para arrecadar doações em período de pandemia de coronavírus
Equipe Multi-Institucional na linha de frente da solidariedade
Foto: Eduardo Schaucoski
Por Jessica Rosso Em 27/04/2020 às 12:43 - Atualizado há 6 meses

Em prol de ações de prevenção, controle e combate da Covid-19, a Equipe Multi-Institucional se destaca colocando o time da solidariedade em campo. São 41 instituições públicas, das esferas Federal, Estadual e Municipal, que já são conhecidas por seus projetos e campanhas sociais e agora ampliam o seu reconhecimento ainda mais frente à pandemia.

Desde o início do isolamento social, o grupo esteve junto à Secretaria de Comunicação e Defesa Civil de Criciúma, no apoio logístico aos carros de som (com divulgações/orientações educativas/preventivas). Também se fez presente, em apoio à Defesa Civil, Afasc e Secretaria de Ação Social, na distribuição de duas mil cestas básica do programa 'Bolsa Família'. Conforme o presidente da Cruz Vermelha Brasileira - filial Criciúma, Almir Fernandes, atualmente o grupo participa com apoio logístico (capitaneando e distribuindo alimentos), oriundos de campanhas como: "Garra, Alma e Coração" (Criciúma Esporte Clube e Unesc),  "Juntos de Coração" (Acic & Associados), "Solidariedade em Dobro" (UNQ Import/Export), ainda outras iniciativas de rede de mercados e outros anônimos.

Desde o início das campanhas, todos os dias a Equipe Multi-Institucional sai às ruas em comboio,  para vários bairros de Criciúma, onde distribui cestas básicas, cartões de vale alimentação e vale gás, e máscaras. As entregas acontecem mediante cadastro prévio, realizado pelos Cras e Secretaria de Assistência Social. Até o momento, mais de mil famílias (em vulnerabilidade social e necessitados), além de 11 instituições assistenciais de Criciúma e regão já receberam estes benefícios. 

O que dizem alguns representantes da Equipe Multi-Institucional:

O tenente-coronel Brito Júnior, comandante do 28° Grupo de Artilharia de Campanha falou sobre a participação do Exército Brasileiro nas campanhas, fornecendo apoio logístico na entrega das cestas básicas arrecadadas na 'Campanha Alma, Garra e Doação', que arrecadou mais de 25 toneladas de alimentos.

"Creio que na história de Criciúma nunca houve uma campanha tão eficaz que arrecadou tanto e em tão pouco tempo. A população se mostrou pronta e disponível para ajudar o próximo. Pessoalmente eu creio que a união dos esforços em prol de causas como a que está ocorrendo, pode mitigar a dor de quem sente fome ou outra necessidade. Em breve vamos participar também da campanha do agasalho, haja vista a proximidade do inverno, e tenho certeza que mais uma vez a comunidade vai se apresentar para doar", afirmou. (Foto: Eduardo Schaucoski)

O 28° Grupo de Artilharia de Campanha também está apoiando diariamente a Secretaria de Educação com dois caminhões de manhã e dois à tarde no transporte de alimentos da Central de Alimentos até as escolas. "Temos certeza que vamos vencer essa guerra e sairemos ainda mais fortalecidos. Lutaremos sem temor. Exército Brasileiro, o Braço Forte e a Mão Amiga, ontem, hoje e sempre em prol da Nação Brasileira", disse.

Para o coordenador da Defesa Civil de Criciúma e voluntário da Equipe Multi-Institucional Dioni Borba a cidade sempre faz sua parte quando o assunto é solidariedade.

"Nunca imaginamos passar por esta situação, mesmo estando à frente da Defesa Civil gerenciando riscos e desastres, mas a união de todas as instituições, veículos de imprensa, e toda a sociedade... ver isso é um orgulho. Muito gratificante, pois estamos levando esperança a quem mais precisa, bairros de vulnerabilidade social, onde houve um cenário totalmente diferente dos que estamos acostumados a lidar", contou.

O 4° Batalhão de Bombeiros Militar de Criciúma também vem auxiliando na campanha de arrecadação de alimentos, embora não com tanta frequência, em função das inúmeras ocorrências de incêndios em vegetação que ocorreram nesse período.

"Mas a campanha se constitui de fundamental importância nesse período de pandemia, já que muitas famílias não possuem o que comer já no momento da entrega dos alimentos (ou se possuem no momento, não tem nada para o dia seguinte). Então, agradecemos à Equipe Multi-Institucional pela iniciativa e em especial para a população que está doando, se engajando no objetivo de ajudar o próximo", ressaltou o subcomandante do 4ºBBM Major Henrique Piovezam da Silveira.

Outra instituição que faz parte do grupo é a Polícia Civil. O delegado regional da 6ª Delegacia Regional de Polícia (6ªDRP), Vitor Bianco Júnior, destacou o papel importante da Equipe Multi-Institucional no atendimento aos mais necesitados. 

"É uma equipe que trabalha a muito tempo em várias frentes, desde a doação de roupas, coleta de alimentos. É uma equipe que já vem a anos fazendo um ótimo serviço para a sociedade e segue com este trabalho, ainda mais importante com esta situação da pandemia", disse. Durante as campanhas, a Polícia Civil autoriza o deslocamento da sua viatura da Delegacia Móvel para participar das ações. 

"Nossos policiais participam de todo o auxílio logístico para a distribuição dos materiais arrecadados pela Equipe Multi-Institucional e demais ações realizadas pelo grupo". acrescentou.

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) é mais uma instituição que soma forças ao grupo solidário. A corporação está representada na Equipe Multi-Institucional pela presença do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) de Criciúma. Para o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade, é um orgulho para a PMSC poder fazer parte das ações comandadas pela Cruz Vermelha e com a parceria de diferentes órgãos de segurança. 

"Falar da Equipe Multi-Institucional é muito fácil. Primeiro pelo espírito dessa grande equipe, liderada pelo Almir Fernandes, da Cruz Vermelha, somada a união de esforços de cada uma das instituições. Nos sentimos honrados em fazer parte deste grupo que leva a solidariedade para as famílias carentes de Criciúma e região", evidenciou Dimitri. 

Recentemente, por meio da Equipe Multi-Institucional, a própria PMSC fez a sua ação solidária em meio a pandemia do coronavírus. "Levamos máscaras de proteção e álcool gel para imigrantes senegaleses, haitianos e angolanos que moram em Criciúma, sempre com parcerias com ONGs e empresas que colaboram com a gente. Todo espírito de solidariedade converge para o bem, são ações feitas por pessoas do bem para o bem das pessoas. Esse é o lema que eu sempre resumo as ações da Equipe-Multi-Institucional feitas ao longo do ano", completou o comandante. 

Fazem parte da Equipe Multi-Institucional - 41 instituições oficiais (esferas Federal, Estadual e Municipal)

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA – Filial Criciúma

EXÉRCITO - 28º GAC (Grupo de Artilharia de Campanha)

POLICIA CIVIL

POLICIA MILITAR

CORPO DE BOMBEIRO MILITAR

POLICIA FEDERAL

POLICIA MILITAR RODOVIARIA ESTADUAL

POLICIA RODOVIARIA FEDERAL

INSTITUTO GERAL DE PERICIAS

DEFESA CIVIL MARINHA DO BRASIL (Delegacia Porto de Laguna)

FORÇA AREA BRASILEIRA (DTCEA-MDI-CINDACTA-Urubici)

EXÉRCITO - 1º BFv (Batalhão Ferroviário de Lages)

DETRAN (Departamento Estadual de Transito)

DEAP (Departamento de Administração Penal)

SAER (Serviço Aero Policial)

FÓRUM - PODER JUDICIÁRIO MINISTÉRIO PUBLICO

OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)

CÂMARA DE VEREADORES

JUSTIÇA FEDERAL FAZENDA ESTADUAL

DTT (Diretoria de Transito e Transporte)

FAMCRI (Fundação do Meio Ambiente de Criciúma)

UNESC (Universidade do Extremo Sul Catarinense)

ESUCRI (Escola Superior de Criciúma)

SATC (Assoc. Beneficente da Industria Carbonífera de Criciúma)

ACIC (Assoc. Empresarial de Criciúma)

CDL (Camara dos Dirigentes Logistas)

Secretaria de Assistência Social Secretaria Municipal de Saúde

6ª ARPOC (Ass. Recreativa dos Policiais Civis)

UABC (União das Associações de Bairros de Criciúma)

Coordenadoria Regional de Educação

CRICIÚMA ESPORTE CLUBE

SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência)

CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança)

ASSOC. BOMBEIROS COMUNITARIOS

ASSOC. BOMBEIRO CIVIL

VOLUNTÁRIOS DE DEFESA CIVIL

ACTU (Assoc. Criciumense de Transporte Urbano)