InternetData CenterAssinante

DTT não autorizou carreata realizada em Criciúma e motoristas poderão ser multados

Ação foi realizada em protesto a morte de um motorista de aplicativo
DTT não autorizou carreata realizada em Criciúma e motoristas poderão ser multados
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 04/06/2020 às 08:49

Cerca de 50 motoristas por aplicativo participaram de um protesto pedindo segurança para a categoria na tarde dessa quarta-feira, dia 3, em Criciúma. O ato aconteceu após o assassinato de Vagner Francisco, de 28 anos, durante a realização de uma corrida ao município de Içara. Porém os condutores poderão sofrer penalidades prescritos no Código Brasileiro de Trânsito (CBT). 

Conforme o gerente de Operações da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma, Paulo Borges, a carreata precisa de autorização do órgão para acontecer e o pedido foi realizado apenas durante à tarde e a solicitação não foi aceita. “Ontem [quarta-feira] nos procuraram para fazer a manifestação, poderiam ter nos procurado mais cedo. Não foi autorizado a carreata por parte da DTT, pois precisamos criar uma logística de percurso. Mas também não autorizei que filmassem os motoristas para aplicação de multas", comenta. 

Borges ainda ressalta que os profissionais da DTT estavam nas ruas realizando seus trabalhos e podem ter percebido irregularidades. “Não é permitido fechar cruzamento, parar na faixa de pedestre ou avançar o sinal vermelho e isso é claro. Temos também em Criciúma fiscalização eletrônica e caso tenha acontecido alguma irregularidade desta maneira, não temos o que fazer”, declara. “Se foi feito autuação pelos agentes, ainda não sei. Se houve infrações, cada um vai responder pelos atos. Não tenho informação que houve agentes multando”, acrescenta. 

Os motoristas se concentraram por cerca de 40 minutos no estacionamento do Parque das Nações. Logo depois formaram uma carreata que se deslocou até a Próspera e retornou seguindo no sentido Pinheirinho. “O que fizemos foi para chamar atenção da população e das autoridades em relação ao nosso trabalho”, enfatiza o motorista Rogério da Rosa

Leia mais:

Motorista de aplicativo é encontrado morto no carro em Içara
Motoristas de aplicativo farão protesto após homicídio em Içara​
Motoristas de aplicativo protestam por segurança, após homicídio em Içara