InternetData CenterAssinante

Dores nas costas por causa do home office? Saiba quais são as orientações

Pausa nas atividades físicas e a má postura são fatores responsáveis, aponta pesquisa
Dores nas costas por causa do home office? Saiba quais são as orientações
Foto: Divulgação
Por Jessica Rosso Em 25/09/2020 às 16:45

Dores na coluna passaram a afetar 41% das pessoas que nada apresentavam antes da pandemia de coronavírus no Brasil. O dado foi revelado por uma pesquisa da Fiocruz alguns meses após as pessoas adotarem o Home Office. A pesquisa informou ainda que são diversos os fatores que podem ser responsáveis, como a pausa nas atividades físicas durante o período e a má postura durante a realização das atividades em casa. Embora a pesquisa tenha sido divulgada há algum tempo, muitas pessoas permanecem trabalhando em suas casas.

Com base nesse dado, a fisioterapeuta e instrutora de pilates Virgínia Lazzarin explica que o ideal seria que as pessoas não deixassem de fazer exercícios, e que se não for possível sair, realizem em casa, executando-os com orientação. Com relação a saúde do corpo - da coluna - é importante fazer exercícios bem feitos, mesmo que poucas vezes. "Valem por muito exercício mal feito", pontuou. A fisioterapeuta explica que o corpo humano é feito para se movimentar, e não ficar parado. "Quanto mais parado ficamos, mais dores sentimos, porque circula menos sangue, porque tensiona o músculo por muito tempo numa mesma posição, por exemplo, se ficamos o dia todo sentado, a gente força muito a musculatura das costas, superior de braços, região do pescoço e ombros. E se não nos movimentamos imagina o dia todo, o músculo fica na mesma posição, fazendo a mesma contração, e com isso, ele entra em fadiga, e após isso, gera tensão muscular e processo inflamatório, que gera dor", explicou.

Para retomar a rotina, o ideal é fazer isso aos poucos. A ída ao mercado, se possível, ao invés de ir de carro, ser feita a pé, já rende uma movimentação. Dar uma volta na quadra, levar o filho (a pé) para andar de bibicleta num local com poucas pessoas e sempre tomando os cuidados contra a Covid-19, são dicas que podem ser feitas no dia a dia, e que colaboram para a saúde. A profissional ressalta que assim como ela, muitos profissionais estão atendendo de forma online, que é uma opção para aqueles que querem fazer exercícios em casa.