InternetData CenterAssinante

Damares Alves vai propor parcerias com entidades que atendem crianças e jovens em Criciúma

Ela encerra sua passagem na cidade visitando a Abadeus, o Bairro da Juventude e o Case
Damares Alves vai propor parcerias com entidades que atendem crianças e jovens em Criciúma
Foto: Lucas Renan Domingos/Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 28/06/2020 às 09:05

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, terá mais um dia de agenda em Criciúma. Ela chegou na cidade na tarde desse sábado, dia 27, e foi recepcionada na Associação Empresarial de Criciúma (Acic), onde entregou máscaras e anunciou verbas ao Asilo São Vicente de Paulo. Logo em seguida, ela visitou a Nossa Casa e neste domingo, dia 28, ainda conhecerá, a Abadeus, o Bairro da Juventude e o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case). Nos encontros ela deverá apresentar parcerias entre o seu ministério e as instituições criciumenses.

“Com relação à criança e a juventude nós temos uma série de medidas para anunciar. Existem programas. Nosso ministério não possui investimento, temos programas, projetos que podemos depois sentar com o prefeito e mostrar o que podemos oferecer”, disse a ministra. “Temos programas, como o Programa Criança Protegida, por exemplo. Não requer investimento. Temos o programa pronto para trazer para o município. Para a juventude existem programas totalmente gratuitos que podemos trazer para os jovens da cidade. Temos uma série de ofertas para o município, basta apenas fazer parceria”, acrescentou.

Depois de visitar as entidades de Criciúma, Damares conhecerá Nova Veneza e se reunirá com conselheiros tutelares da região. “Somos um ministério de articulação, não somos um ministério de execução. Nós vamos conversar com os conselheiros tutelares locais e ver a situação deles. Estão precisando de equipamento? De investimento? Aí podemos trabalhar com a bancada e eles indicarem emendas para a gente ajudar a equipar os Conselhos Tutelares”, pontuou.

Passagem por Tubarão

Antes de chegar a Criciúma, Damares também cumpriu agenda nesse sábado, no Sul do Estado, na cidade de Tubarão. Lá ela confirmou o repasse de recursos para construção de um espaço para acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica no município. O terreno, cedido pela prefeitura para a realização da obra, no bairro Santo Antônio de Pádua, foi visitado pela comitiva ministerial, pelo prefeito Joares Ponticelli e pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Tubarão, Giovani Bernardo.

A Casa da Mulher Brasileira que será construída no município foi pleiteada junto ao Governo Federal pelo deputado estadual Sérgio Motta e pela empreendedora social de Tubarão, Luciane Tokarski. O local terá estrutura com recepção, acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia especializada, centro judiciário da mulher, promotoria especializada, defensoria pública, serviço de promoção de autonomia econômica e brinquedoteca. O investimento é de R$ 830 mil.

O prefeito Joares Ponticelli também entregou à ministra um ofício com pedido de recursos para o programa Geração 2050, realizado em parceria com o Senai e que permite a alunos de escolas municipais se preparem para o futuro tecnológico, através de cursos de capacitação na área de Tecnologia da Informação (TI).