InternetData CenterAssinante

Criciúma une esforços para tirar dúvidas sobre Auxílio Emergencial

O objetivo é que as pessoas não precisem se deslocar até a sede da Caixa
Criciúma une esforços para tirar dúvidas sobre Auxílio Emergencial
Foto: Maria Henrique Leandro
Por Redação Engeplus Em 06/05/2020 às 13:24

Os representantes da Caixa Econômica Federal recorreram à Prefeitura de Criciúma, solicitando ajuda para facilitar o acesso das pessoas ao Auxílio Emergencial do Governo Federal. Os profissionais identificaram a dificuldade dos usuários em acessar a internet, manusear o aplicativo, além de terem dúvidas sobre como proceder com o pedido. Por isso, uma união de esforços junto aos órgãos municipais e ao 28º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) está sendo feita, disponibilizando equipes para passarem por treinamento e posteriormente serem distribuídas em escolas da rede municipal, para atender aqueles que necessitam. Serão 36 profissionais a disposição da população.

O objetivo é que as pessoas não precisem se deslocar até a sede da Caixa Econômica e possam ser atendidas em suas localidades, evitando aglomerações e a disseminação de Coronavírus (Covid-19). A ação também tem o envolvimento da Secretaria da Assistência Social e Habitação, Diretoria de Tecnologia da Informação e Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação.

A Assistência Social já disponibiliza esse suporte através dos seis Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município, via telefone e presencial, no hall de entrada da prefeitura, no Paço Municipal Marcos Rovaris. Saiba mais pelo site. “Vamos ampliar os locais de atendimentos para as famílias em situação de vulnerabilidade social. Também terá mais profissionais envolvidos e isso vai contribuir na maior agilidade no acesso das famílias ao benefício”, disse a secretária municipal da Assistência Social e Habitação de Criciúma, Patrícia Vedana Marques.

Nesta quarta-feira, dia 6, inicia o treinamento para as equipes que ficarão divididas em escolas distribuídas geograficamente. “Tudo isso é para que as pessoas possam se auto atender em seus bairros e evitem aglomerações no centro da cidade”, comentou o superintendente executivo de Varejo da Caixa, Rudolfo Cabral Melo.

Confira os locais que estarão disponíveis para tirar dúvidas sobre o Auxílio Emergencial do Governo Federal:

Centro de Educação Municipal para Jovens e Adultos (CEMJA)

Bairro: Brasília (antiga EMEIEF Professor Francisco Skrabski)

Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEEF) José Rosso

Bairro: Quarta Linha

EMEF Professora Lili Coelho

Bairro: Santa Luzia

Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Padre Paulo Petruzzellis

Bairro: Pinheirinho

EMEF Filho do Mineiro

Bairro: Metropol

EMEIEF Caetano Ronchi

Bairro: São Defende

EMEIEF Judite Duarte

Bairro: Sangão

EMEIEF Casemiro Stachurski

Bairro: Linha Batista

Leia mais sobre: