InternetData CenterAssinante

Criciúma retoma campanha contra a influenza com vacinação de idosos e profissionais da saúde

No total, 4,5 mil vacinas foram encaminhados ao município neste segundo lote
Criciúma retoma campanha contra a influenza com vacinação de idosos e profissionais da saúde
Foto: Divulgação/Decom
Por Thiago Hockmüller Em 26/03/2020 às 10:17

Iniciou nesta quinta-feira, dia 26, a retomada da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza em Criciúma. São 4,5 mil doses destinadas para idosos e profissionais da saúde que atuam em hospitais do município.

Do montante de vacinas disponíveis, 3,5 mil são destinadas para idosos. Desta vez, a campanha funciona da seguinte forma: o primeiro atendimento é realizado para idosos acamados. Neste caso, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) já atuam realizando aplicação à domicílio, ou seja, não é necessário sair de casa para ser vacinado. 

Após esta primeira etapa, as próprias UBSs possuem uma relação de idosos não acamados. Estes receberão a imunização de acordo com idade, do mais velho para o mais novo. E ficará a cargo da Unidade de Saúde informar a estratégia, ou seja, se fará em domicílio ou haverá um ponto específico.

“Fica a critério da unidade se vão chamar ou não o acamado para o Posto de Vacinação que foi instalado. Não é na unidade, é no posto de vacinação. A maioria das unidades já receberam (as doses) no dia de hoje e estão passando nas casas vacinando as pessoas. Tem bairro vacinando agora de manhã, tem bairro que vai vacinar de tarde”, explica a técnica de enfermagem do setor de Imunização da Prefeitura de Criciúma, Kelly Barp Zanette, explica . 

Doses para a saúde

A campanha ainda está na primeira etapa, ou seja, com público-alvo definido em idosos e profissionais da saúde. Para este último reduto, são destinadas mil vacinas contra a influenza. Neste segundo lote da primeira etapa estão sendo atingidos os profissionais que atuam em hospitais.

No Materno Infantil Santa Catarina (HMISC) a previsão era que a demanda terminasse na terça-feira. No São José (HSJ) as vacinações iniciaram na segunda-feira e seguem a partir de hoje. E a Secretaria de Saúde já está em contato com a Unimed para distribuir para a unidade e também para o São João Batista.

As etapas

A vacinação nesta primeira fase está destinada aos principais grupos de riscos, como idosos (60 anos ou mais) e trabalhadores da saúde. 

A segunda fase da campanha inicia no dia 16 de abril e prevê vacinação para professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônica não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Já a terceira fase acontece a partir do dia 9 de maio e engloba crianças de 6 meses a menores até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, presidiários e funcionários do sistema prisional, além de adultos de 55 a 59 anos de idade.

Leia mais sobre: