InternetData CenterAssinante

Clésio Salvaro participa de reunião com governador e avisa que não haverá novas restrições

Em vídeo publicado nas redes sociais, prefeito de Criciúma detalhou o encontro
Clésio Salvaro participa de reunião com governador e avisa que não haverá novas restrições
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 28/11/2020 às 21:05

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, participou neste sábado, dia 28, de uma reunião virtual com o governador Carlos Moisés. Além dos dois, presidentes de associações e diretores de hospitais filantrópicos também estiveram no debate. O chefe do Poder Executivo voltou a frisar que não haverá lockdown e novas restrições. 

“A preocupação não poderia ser outra e a reunião foi sobre Covid-19. Leitos de enfermaria praticamente ocupados em toda Santa Catarina. A posição de Criciúma vai ao encontro com o Governo do Estado, não haverá lockdown. Vamos continuar trabalhando, mas a vida das pessoas em primeiro lugar”, comentou Salvaro em vídeo publicado nas redes sociais.  

Salvaro pediu que o Governo do Estado e a Federação Catarinense de Municípios (FECAM) disponibilizem vacinas contra a Covid-19. “Que as pessoas deixem de lado as questões ideológicas e partidárias, pois desta forma vamos vencer a pandemia”, destacou. 

O prefeito de Criciúma pediu ao governador que fizesse uma campanha de conscientização. “Não haverá multas e restrições. Não há perda maior que perder pessoas próximas”, citou. 

Carlos Moisés garantiu o repasse de R$ 44 milhões, até 31 de dezembro deste ano, para a reativação imediata de 205 leitos de UTI para tratamento da doença. Além disso, anunciou a prorrogação da Política Hospitalar Catarinense (PHC) - em teto máximo - por mais 10 meses. 

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, explicou que os leitos haviam sido ativados no início da pandemia e foram desligados, gradativamente, de acordo com a diminuição no número de casos.

“São leitos que estão prontos para serem utilizados novamente. É fundamental que eles estejam ativos para que possam ser habilitados. Paralelamente, estamos trabalhando na habilitação de novos leitos”, informou o secretário. Motta Ribeiro também destacou que o cronograma de pagamentos será rigorosamente planejado e informado aos gestores hospitalares.

Há, em Santa Catarina, 355.950 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 321.526 estão recuperados e 30.723 continuam em acompanhamento. O dado foi divulgado neste sábado, 28. A Covid-19 causou 3.701 mortes no estado desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,04%.