InternetData CenterAssinante

Ciclone extratropical no RS deve produzir rajadas de até 89 km/h no litoral catarinense

Em caso de emergência, entre em contato com a Defesa Civil ou com o Corpo de Bombeiros
Ciclone extratropical no RS deve produzir rajadas de até 89 km/h no litoral catarinense
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Engeplus
Por Thiago Hockmüller Em 14/09/2020 às 12:33

A Defesa Civil (DC/SC) emitiu uma nota na manhã desta segunda-feira, dia 14, alertando para possibilidade de rajadas de vento que podem atingir até 89 km/h na costa catarinense. A ventania é provocada pela atuação de um ciclone extratropical posicionado em alto mar, na área do Rio Grande do Sul.

Segundo o órgão, o fenômeno não passará pela costa catarinense e também não há previsão de danos semelhantes ao ciclone-bomba ocorrido em 30 de junho. 

"A DC/SC esclarece que os danos causados naquele momento foram devido à passagem de uma linha de instabilidade (tempestades alinhadas), associada ao deslocamento de uma frente fria e à rápida formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo à costa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina", informa a Defesa Civil.

Apesar da menor intensidade dos ventos em relação ao ocorrido em junho, o coordenador da Defesa Civil em Criciúma, Dioni Borba, faz recomendações para prevenção de acidentes. "Nessas situações a recomendação é que as pessoas evitem deixar os veículos próximos a outdoors e embaixo de árvores. Evite deixar equipamentos elétricos em tomadas e onde há árvores muito próximas das residências, sempre verificar sua inclinação", explica.

Em caso de emergência, entre em contato com a Defesa Civil por meio da central de emergência 199 e/ou com o Corpo de Bombeiros, no 193.