InternetData CenterAssinante

Chuva que atinge Criciúma deixa famílias preocupadas com alagamentos

Cidade de Criciúma já registrou cerca de 35 milímetros de chuva
Chuva que atinge Criciúma deixa famílias preocupadas com alagamentos
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 07/07/2020 às 14:11 - Atualizado há 1 mês

A cidade de Criciúma já registrou cerca de 35mm de chuva nesta terça-feira, dia 7, e a tendência é que chegue a 50mm. Isso está trazendo preocupação aos moradores da rua João Thomaz Feliciano, no bairro Vila Francesa. A via já está coberta de água e as famílias acreditam que pode entrar nas residências. 

De acordo com a moradora Bárbara Regina Farias Martins, de 39 anos, são cerca de seis casas que estão sendo atingidas pelas fortes chuvas e o problema é antigo. “Toda chuva que dá em Criciúma acabamos sendo prejudicados, pois sempre alaga. O problema é encanamento. Os bueiros enchem de água e transbordam tudo. A Defesa Civil esteve no local hoje, mas não resolveu nada”, comenta. 

Ciclone extratropical provoca chuva abundante no Sul do Estado

Bárbara conta que é natural do Rio Grande do Sul e mora há um ano em Criciúma. “Os moradores mais antigos já nos informaram que esse problema é antigo. A Prefeitura até vem limpar os bueiros, mas não adianta. Acredito que seja o encanamento”, observa. 

Profissionais da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana e da Defesa Civil de Criciúma estiveram na rua João Thomaz Feliciano, no bairro Vila Francesa, na tarde desta terça-feira, dia 7, e realizaram a limpeza de um córrego existente na localidade, auxiliando o escoamento das águas. No entanto, em um trecho da via, a Prefeitura de Criciúma não conseguiu efetuar a desobstrução da drenagem, implantada pelo governo municipal, por conta de ocupações irregulares (invasões), visto que edificações foram erguidas sobre os tubos, impedindo o acesso de máquinas e equipamentos da prefeitura. A Administração Municipal estuda medidas para solucionar o problema referente à vala de drenagem.