InternetData CenterAssinante

Caixa fecha as portas por cinco dias; funcionária teve contato com parente positivado para Covid-19

Durante o período, agência passará por processo de higienização
Caixa fecha as portas por cinco dias; funcionária teve contato com parente positivado para Covid-19
Foto: Divulgação
Por Thiago Hockmüller Em 07/04/2020 às 12:23

A agência da Caixa Econômica Federal do município de Urussanga está fechada para atendimento ao público. A informação é da Rádio Marconi, que publicou uma nota oficial do banco explicando que uma funcionária teve contato com um parente infectado por coronavírus. A medida é válida por cinco dias e se estende até sexta-feira, quando será realizada uma nova avaliação sobre o caso.

Segundo apurado pela Rádio Marconi, a agência passará por higienização durante o período e os serviços que não preveem atendimento estão funcionando normalmente. Conforme a nota encaminhada pela Caixa, a funcionária não apresentou sintomas de Covid-19, todavia está em isolamento domiciliar com acompanhamento médico. “E os demais empregados da agência receberam orientações específicas e foram liberados para trabalho remoto, seguindo orientações do protocolo do Ministério da Saúde”, informa o banco.

Na noite de ontem, Urussanga confirmou o terceiro caso de coronavírus. Em entrevista ao programa Ponto de Encontro, da Rádio Marconi, o secretário de Saúde, Marcos Roberto Silveira, explicou que o paciente está hospitalizado, mas passa bem. Além do mais, dos três pacientes, dois pertencem ao grupo de risco. 

Confira a nota oficial encaminhada pela Caixa:

A CAIXA esclarece que não foi confirmado caso de Covid-19 na agência Urussanga (SC). A agência foi fechada nesta segunda-feira (6), para higienização de todo o espaço, após empregada que não apresenta sintomas de Covid-19 ter relatado que teve contato com parente que testou positivo para o novo coronavírus.

A empregada encontra-se em isolamento domiciliar, com acompanhamento médico, e os demais empregados da agência receberam orientações específicas e foram liberados para trabalho remoto, seguindo orientações do protocolo do Ministério da Saúde.

O banco ressalta que o fechamento de agências para higienização é dinâmico e ocorre sempre que é identificado qualquer nível de risco de contaminação, visando à proteção dos empregados, clientes e parceiros. A agência ficará fechada por 5 dias e, após esse período, a CAIXA vai avaliar a possibilidade de reabertura da unidade.

Medidas de prevenção ao novo coronavírus:

A CAIXA vem adotando diversas medidas para melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros no contexto da pandemia de Covid-19. O banco reforça que suas unidades seguem funcionando das 10h às 14h, para atendimento presencial no interior das agências apenas para serviços sociais essenciais, como o saque sem cartão e senha de benefícios do INSS, Seguro Desemprego e Defeso, Bolsa Família, Abono Salarial e FGTS, desbloqueio de cartão e senha de contas, além do abastecimento e processamento de depósitos realizados nas máquinas de autoatendimento.

Além disso, as unidades estão com fluxo de pessoas no interior limitado, para que seja possível manter a distância de no mínimo 1 metro entre as pessoas. Em todo o país, o banco mantém a abertura antecipada em 1 hora de 1.619 agências, exclusivamente para os atendimentos de clientes de grupo de risco. A lista dessas unidades pode ser consultada no seguinte endereço: www.caixa.gov.br/caixacomvoce/Paginas/default.aspx.

A CAIXA orienta seus clientes a acessarem os serviços do banco por meio dos canais digitais e remotos, que foram reforçados. Além de acesso à movimentação bancária através da internet e celular, a CAIXA reforçou o atendimento em canais remotos, como a Agência Digital, telesserviço e SMS. Em breve, o cliente CAIXA também terá a opção de atendimento pelo WhatsApp.

O banco reforça o enfrentamento aos efeitos do novo coronavírus (Covid-19) com a ampliação dos serviços digitais e remotos. As medidas adotadas têm como objetivo contribuir para evitar aglomerações e, consequentemente, melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros da CAIXA no contexto da pandemia.

Desde 23/03, a CAIXA dividiu sua força de trabalho de forma a garantir o atendimento aos clientes por empregados em trabalho remoto, e nas agências aos que procurarem os serviços essenciais, com 70% dos empregados das agências em trabalho remoto, com revezamento periódico por escala. Os empregados integrantes do grupo de risco, conforme definição do Ministério da Saúde, estão todos em trabalho remoto.

A CAIXA reforçou ainda o seu protocolo de limpeza e higienização das unidades, priorizando a limpeza das superfícies de contato humano, portas de entrada, maçanetas e vidros do entorno, teclados dos ATM, balcões de caixa e estações de trabalho, cadeiras e longarinas dos clientes, portas dos banheiros, torneiras e aparelhos sanitários com periodicidade mínima de 6 vezes ao dia, além da disponibilização de álcool gel para empregados e clientes.