InternetData CenterAssinante

BR-101 Sul: pedágios apenas a partir de março de 2021; iluminação completa na via ainda neste ano

As obras na rodovia federal iniciaram ainda em agosto
BR-101 Sul: pedágios apenas a partir de março de 2021; iluminação completa na via ainda neste ano
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 16/10/2020 às 11:02

A empresa CCR ViaCosteira assumiu a concessão da BR-101 Sul em Santa Catarina em agosto deste ano. A instituição administra os 220 quilômetros de rodovia federal entre os municípios de Palhoça e Passo de Torres. A empresa fará a gestão do trecho pelos próximos 30 anos, com investimentos de cerca de R$ 7 bilhões, sendo que R$ 200 milhões já deverão ser aplicados no primeiro ano de concessão.

As obras na rodovia federal iniciaram ainda em agosto e atualmente mil colaboradores atuam pela empresa CCR ViaCosteira. “Temos várias equipes trabalhando na rodovia. Possuímos frentes de limpeza, manutenção de placas e já iniciamos as pinturas das passarelas que são 20 locais e também a recuperação de todo pavimento”, afirmou o diretor-presidente da CCR ViaCosteira, Fausto Camilotti em entrevista ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado

“A concessionária está antecipando todos os trabalhos, pois o nosso objetivo é entregar todos os elementos do contrato até janeiro de 2021. Todas as atividades de pavimentação, drenagem, pintura, construção das praças e tudo isso vem sendo executado e a partir de janeiro teremos a implantação do socorro médico e mecânico e temos o interesse de antecipar todos os trabalhos”, garantiu Camilotti.

Segundo o diretor-presidente, as praças de pedágios estão sendo construídas, mas neste ano não terão cobranças. “A próxima temporada [de verão] inicia em dezembro, não há possibilidade de liberarmos nesse período [as praças], mas em março [de 2021] devemos ter notícia das praças tendo operação, mas a Agência Nacional de Transportes Terrestres precisa autorizar os trabalhos operacionais”, explicou.

O preço da tarifa inicia, com data base de agosto de 2019, é de R$ 1,97. O valor ainda passará por reajuste de inflação. “A tarifa deve ser lançada por volta de R$ 2. O cidadão catarinense tem que comemorar, pois terá uma rodovia com muita qualidade”, analisou.

Obras e manutenção 

Conforme o diretor-presidente da CCR ViaCosteira, a empresa está buscando atuar em horário regulados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). “Estamos fazendo um trabalho em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal. As ocupações nas estradas são conduzidas pela polícia. Estamos buscando evitar transtornos aos motoristas”, ressaltou. “Temos que contemplar toda iluminação e temos 210 quilômetros de iluminação pública na rodovia. Vamos priorizar a ponte Anita Garibaldi até porque é um cartão postal de Santa Catarina, ou seja, até dezembro deste ano teremos toda iluminação acesa da rodovia”, finalizou.