InternetData CenterAssinante

Após ciclone, Lauro Müller decreta situação de emergência

Cerca de 84 famílias já cadastradas precisam de telhas e madeiras para suas casas
Após ciclone, Lauro Müller decreta situação de emergência
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 03/07/2020 às 09:33

A Prefeitura de Lauro Müller decretou nessa quinta-feira, dia 2, situação de emergência em virtude do ciclone que atingiu a cidade. Os danos foram materiais, com algumas localidades sem eletricidade e sinal de telefonia móvel, fixa e internet por mais de 24 horas.

Os danos causados pelos ventos foram registrados em bairros próximos ao Centro e, também, em comunidades interioranas. Casas destelhadas, outras danificadas por quedas de árvores, galpões, granjas para criação de aves, empresas estão entre os afetados. Cerca de 84 famílias já cadastradas precisam de telhas e madeiras para recuperarem suas casas. Algumas delas foram encaminhadas para moradas de parentes. Prédios públicos também foram afetados e tiveram parte da estrutura danificada, como a garagem municipal, onde boa parte do telhado foi destruído.

O prefeito Valdir Fontanella organiza frentes de trabalho com profissionais de todas as secretarias que vão atuar na resolução dos problemas causados pelo ciclone. “A situação é bem complicada. O vento acalmou e nós estamos ainda avaliando os problemas que ele causou em vários pontos da cidade”, afirmou. Algumas equipes estão entregando telhas e cestas básicas para aqueles que perderam o que tinham em casa para alimentação.

Colaboração: Comunicação de Lauro Müller