InternetData CenterAssinante

Após 17 dias internada, idosa de 97 anos se recupera da Covid-19 em Criciúma

Maria Margarida foi a paciente mais idosa entre os casos confirmados do município
Após 17 dias internada, idosa de 97 anos se recupera da Covid-19 em Criciúma
Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Por Lucas Renan Domingos Em 02/06/2020 às 15:43 - Atualizado há 1 mês

Uma notícia positiva em meio a tantas informações preocupantes sobre o novo coronavírus. Em Criciúma, Maria Margarida Pescador Luciano, de 97 anos, se recuperou da Covid-19 após ficar 17 dias internada no Hospital São José (HSJ). Ela apresentou os sintomas e deu entrada no hospital no dia 17 de maio, recebendo o diagnostico positivo dias depois e recebeu alta nesta terça-feira, dia 2.

Entre os casos confirmados no município, ela foi a pessoa mais idosa a ser tratada pela doença. “Logo após o almoço do Dia das Mães, ela passou mal e começou a sentir dores na barriga. Pensávamos que tinha sido algum alimento que havia feito mal para ela. Mas os dias foram passando e a dor não passava. Levamos no hospital, ela realizou o exame e deu positivo”, contou o filho de Maria Margarida, João Batista Luciano.

 A idosa, então, foi levada para o isolamento, onde permaneceu até esta terça-feira. “Na última quinta-feira, ela apresentou uma melhora. Os médicos nos falaram que se ela continuasse se recuperando receberia alta nesta semana. Graças a Deus foi o que aconteceu. Agora vai para casa para finalizar os cuidados”, comemorou o filho.

A saída de Maria Margarida do hospital foi marcada por emoção. Os funcionários do HSJ realizaram um corredor para aplaudir a idosa e cantaram em homenagem ao sucesso da recuperação da paciente. “Ela foi muito bem cuidada, desde quando chegou ao hospital. Todos os enfermeiros e médicos que cuidaram dela foram bastante atenciosos. Com certeza ela vai contar para todo mundo a homenagem que fizeram para ela e vai poder comemorar os 98 anos em outubro”, completou João Batista.

Em um vídeo gravado pela família, Maria Margarida fez questão de agradecer a equipe de enfermeiros e médicos que cuidaram dela durante o tempo de internação. O agradecimento foi ainda mais especial para as enfermeiras Kenia Roque, Nicéia Félix, Natália frasson, Cristiane Beluco e Eliege brognique passaram a maior parte do tempo com a paciente.

"Eu, Maria Margaria Pescador Luciano, estou curada, graças a Deus. Deus mandou seus anjos, os enfermeiros e as enfermeiras para cuidar do povo que está doente. Obrigado, senhor", disse a idosa depois de receber uma salva de palmas dos funcionários do Hospital São José. 



* Inicialmente, esta matéria havia informado que a paciente havia ficado 14 dias no hospital, o dado estava errado e foi corrigido.