InternetData CenterAssinante

Amesc entra para a classificação de risco potencial gravíssimo da Covid-19

Amrec continua com pior grau de avaliação e Amurel regride para situação grave
Amesc entra para a classificação de risco potencial gravíssimo da Covid-19
Foto: Divulgação/Amesc
Por Lucas Renan Domingos Em 22/07/2020 às 16:22

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) atualizou nesta quarta-feira, dia 22, a classificação do risco potencial da Covid-19 por regiões de Santa Catarina. No Sul do Estado, a Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) subiu de situação grave para gravíssima.

Na última semana, a região registrou um aumento significante no número de casos confirmados. Foram 214 novas pessoas diagnosticadas com a doença nos últimos sete dias, saltando de um total de 763 para 977 casos confirmados. O número de mortes também aumentou, passando de 15 para 19. Nesta quinta-feira, dia 23, os prefeitos da Amesc estarão reunidos para definir quais mudanças deverão ser tomadas diante da nova classificação.

Demais regiões do Sul catarinense

Ainda no Sul de Santa Catarina, outra mudança de classificação aconteceu na Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel). A área que antes estava classificada como risco potencial gravíssimo, forçando os prefeitos a decretarem nova quarentena, agora passa a ter situação melhor, caindo para situação grave.

Os prefeitos da Amurel também irão se reunir ainda na noite desta quarta-feira para definir as novas medidas. A expectativa é de que haja a flexibilização da retomada do comércio. Ao mesmo tempo, os gestores municipais trabalham com a criação de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O Governo de Santa Catarina já garantiu a ativação de dez leitos no hospital de Laguna. Em paralelo, os prefeitos da Amurel buscam contratação direta de mais cinco leitos de UTI da rede privada. “A intenção é que os 18 municípios paguem o custeio desses cinco leitos da Socimed. Não importa de qual cidade é o paciente. O custo do leito enquanto a pessoa estiver em tratamento, será dividido entre as 18 cidades”, afirmou o prefeito de Treze de Maio e presidente da Amurel, Clésio de Biasi.

Por fim, ainda de acordo com o novo boletim do Coes, a situação Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) segue inalterada. A Amrec entrou para a classificação de risco potencial gravíssimo na última semana e assim permanece. Os prefeitos já manifestaram que não deverão decretar nova quarentena.

Leia mais:

Cai a classificação de risco potencial da Covid-19 na Amurel e prefeitos reavaliarão quarentena

Clésio Salvaro afirma que municípios da Amrec não irão aderir nova quarentena

Hospital de Laguna ativará 10 leitos de UTI no começo de agosto