InternetData CenterAssinante

Alunos em situação de vulnerabilidade recebem kits da alimentação escolar em Içara

Ao todo, mais de 800 kits já foram distribuídos no município
Alunos em situação de vulnerabilidade recebem kits da alimentação escolar em Içara
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 14/06/2020 às 20:15

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Içara continua na preocupação com os estudantes que estão realizando as atividades em casa. Visando contribuir com alunos em vulnerabilidade, foram distribuídos kits com alimentos que estavam na escola e alimentos provenientes da agricultura familiar, utilizados já na alimentação escolar.

De acordo com a secretária de Educação, Gerusa Bolsoni, a intenção é evitar a insegurança alimentar e nutricional aos estudantes, que na educação infantil, recebiam até seis refeições diárias. “Entendemos que há muitas famílias em situação difícil e os kits foram montados para que esses alunos consigam manter a alimentação como se estivesse indo até à escola”, explicou.

A primeira etapa dessa doação, que aconteceu em abril, e contou com o fornecimento de alimentos que já estavam nas escolas e que estavam próximo da data de vencimento. Na segunda etapa, que teve início no final de maio e deve ser concluído no próximo dia 17 de junho, serão atendidos cerca de 850 alunos, com alimentos da agricultura familiar como frutas, verduras, ovos, além de arroz, feijão, carnes e outros itens não perecíveis.

Preparação

As nutricionistas do setor de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia planejaram, orientaram, e participaram da organização dos kits de alimentos da alimentação escolar.  

Segundo a nutricionista Rúbia Cunha de Souza Raupp, o acompanhamento do recebimento dos alimentos in natura, montagem dos kits e a logística foram realizadas por uma equipe de funcionários da Secretaria de Educação. “Fizemos em conjunto com as unidades escolares e nestes locais, os diretores terão o cuidado ao orientar, organizar e agendar o atendimento, garantindo todas as condições sanitárias de segurança de acordo com as normas vigentes”, disse.

O trabalho em conjunto com a Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda foi fundamental para o projeto. “Foi essencial o apoio e garantiu segurança para conhecer e acolher da melhor forma o aluno do município”, destacou a nutricionista da Secretaria de Educação, Carolina Moriconi

Critérios a serem seguidos

Entre os critérios para a seleção dos alunos estão: Ser matriculado na rede municipal de ensino, beneficiário do programa Bolsa Família ou ter recebido algum tipo de benefício eventual. Algumas famílias receberam o kit alimentação escolar em casa, e em alguns casos o responsável pelo aluno o retirou na unidade escolar próximo a sua residência após agendamento.

Para tudo acontecer, foi considerado a Resolução nº 2 de 9 de abril de 2020 do Ministério da Educação/ FNDE que dispõe sobre a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE durante o período de estado de calamidade pública, reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus - Covid-19.

Com isso, o município de Içara, junto aos conselheiros do Conselho de Alimentação Escolar e da Comissão Local Intersetorial para tratar temas de Alimentação Escolar – CIAE (formada por representantes da Secretaria de Assistência Social, Conselho Municipal de Educação, CAE, e Secretaria de Educação), buscou possibilidades para manter e garantir as compra da Agricultura Familiar local e disponibilizar os alimentos presentes nas unidades escolares.

Leia mais sobre: