InternetData CenterAssinante

Com mais de 1,2 mil casos ativos de Covid-19, secretário de Saúde afirma: ‘situação é preocupante’

Em Criciúma, 9.986 pessoas já foram infectadas com a doença
Com mais de 1,2 mil casos ativos de Covid-19, secretário de Saúde afirma: ‘situação é preocupante’
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 23/11/2020 às 08:09

Criciúma deve atingir a marca de 10 mil pessoas infectadas pelo coronavírus nesta segunda-feira, dia 23. O último boletim epidemiológico divulgado ontem pela Prefeitura, apontou que 9.986 residentes da cidade já testaram positivo para a Covid-19. Ao todo, 8.612 estão recuperados e 118 morreram. Atualmente, 1.256 estão com o vírus de forma ativa na Capital do Carvão. 

O secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, afirmou estar preocupado com a atual situação do município. “Nós estávamos acompanhando a partir das nossas testagens os números e conseguimos fazer as análises. Há um mês, fizemos em média três mil testes”, garantiu em entrevista ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado. 

Casagrande ainda ressaltou que a preocupação em virtude do coronavírus existe desde do início da pandemia. “Hoje a situação é preocupante e temos que ter atenção. De Criciúma, temos 15 pessoas confirmadas com Covid-19 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 24 de outros municípios”, relatou. Confira o quadro de pacientes hospitalizados abaixo: 

O secretário afirmou que o município está realizando testes e buscando descobrir as pessoas que estão com o vírus de forma ativa. “Hoje às 16 horas, os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) estarão reunidos para discutir sobre as ações. Nós vamos continuar com estratégias de isolamento e testagem”, destacou. 

Sobre restrições, Casagrande afirmou que se a Matriz de Risco divulgada pelo Governo de Santa Catarina mudar na próxima quarta-feira, dia 25, a região carbonífera poderá adotar restrições, porém todas já estão em decretos do Estado.