InternetData CenterAssinante

Ciclistas fazem novo protesto após morte de mulher na avenida Universitária

Ela foi atropelada por um ônibus na manhã da última quarta-feira
Ciclistas fazem novo protesto após morte de mulher na avenida Universitária
Foto: Jessica Rosso
Por Jessica Rosso Em 29/10/2020 às 21:20

A cada 15 dias ciclistas da região de Criciúma se reúnem para uma 'pedalada' pela cidade. A iniciativa é para integrar pessoas que estão iniciando na prática do ciclismo, e teve início após a morte de uma criança que ocorreu enquanto andava de bicicleta na região central de Criciúma. O fato aconteceu este ano.

Na noite desta quinta-feira, dia 29, os ciclistas se reuniram com o intuito da prática, mas também em forma de protesto, por conta da morte de uma ciclista. Ela foi atropelada por um ônibus na manhã da última quarta-feira na avenida Universitária, no município. Esse foi o segundo protesto realizado esta semana. Ontem os ciclistas realizaram uma manifestação no local do acidente e percorreram a avenida Centenário. 

Nesta quinta-feira, eles percorreram novamente a avenida, com saída em frente à antiga Delupo; passaram pela região da Santa Luzia, São Defende, até Forquilhinha, com uma parada no local do acidente, onde realizaram uma oração, conforme o ciclista Filipe Cruz Antunes. Tiveram a escolta da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma e da Polícia Militar.  

Leia mais sobre: