InternetData CenterAssinante

Unesc recebe estudiosos do Brasil e do exterior para Congresso de História Econômica

Professor da Universidade de Coimbra, Álvaro Garrido, fará a abertura do evento
Unesc recebe estudiosos do Brasil e do exterior para Congresso de História Econômica
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 21/09/2019 às 20:03

A Unesc receberá na próxima semana, o 13º Congresso Brasileiro de História Econômica e a 14ª Conferência Internacional de História de Empresas. Os eventos são organizados pela ABPHE (Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica) em parceria com a Unesc, por meio do PPGDS (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico), e ocorrerá de 24 a 26 de setembro na Universidade.

O Congresso tem como objetivo discutir, de acordo com o enfoque histórico, temas relevantes para a compreensão da sociedade e seus processos de desenvolvimento. O evento tem como público alvo pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós dos cursos de Economia, História, Geografia, Administração, Ciências Sociais e áreas que se relacionam com o tema. As inscrições ainda estão abertas e podem ser realizadas pelo site.

A programação conta com conferências nacionais e internacionais, mesas redondas e apresentação de trabalhos orais. A palestra de abertura será ministrada pelo professor doutor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, em Portugal, Álvaro Garrido, e tem como tema “Democracia e Transformações Sociais: Portugal do 25 de abril ao ingresso na União Europeia”.

O evento ainda conta com outros palestrantes de renome internacional, como Juan Odisio e Teresita Gómez, ambos da Faculdade de Ciências Econômica da Universidade de Buenos Aires, da Argentina; Aníbal Herib Caballero Campos, da Universidade Nacional de Canindeyú, do Paraguai; Carlos Gabriel Guimarães, da Universidade Federal Fluminense, do Rio de Janeiro; Guilherme Grandi, da Universidade de São Paulo; Pedro Cezar Dutra Fonseca, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Hermano Penna e Pedro Paulo Zahluth Bastos, da Universidade Estadual de Campinas; Ivan Colangelo Salomão, da Universidade Federal do Paraná; Luiz Felipe Bruzzi Curi, da Universidade Federal de Minas Gerais; e Roberto Pereira Silva, da Universidade Federal de Alfenas, em Minas Gerais.

Leia mais sobre: