InternetData CenterAssinante

Uma ponte no lugar da balsa para dar início ao projeto Interpraias

Obra seria o primeiro passo para construir a rodovia que promete ligar todo o litoral Sul
Uma ponte no lugar da balsa para dar início ao projeto Interpraias
Foto: Arquivo Engeplus
Por Thiago Hockmüller Em 08/05/2019 às 11:55

A execução da Interpraias, rodovia para interligar os municípios situados entre Laguna e Passo de Torres, está novamente em pauta. E uma solução promete acelerar o processo e torná-lo viável: a construção de uma ponte para ligar Morro dos Conventos ao bairro Hercílio Luz, em Araranguá.

Hoje, a travessia do Rio Araranguá é realizada por meio de uma balsa. No verão, por exemplo, sobretudo em finais de semanas, longas filas e muitos minutos perdidos antes de chegar à outra margem do rio. Resolver este problema é o primeiro passo para que a Interpraias saia definitivamente do papel e consolide o projeto pelo desenvolvimento Caminhos do Mar.


Balneário de Ilhas é considerado um grande potencial turístico e gastronômico da região Sul

Uma análise inicial já está sendo realizada e deve virar um documento oficial para ser entregue ao governador catarinense Carlos Moisés em até 20 dias. A estimativa é que a construção da ponte custe aos cofres públicos aproximadamente R$ 20 milhões. “Nos debates temos interagido com a sociedade, com a prefeitura de Araranguá. É um marco para dar sequência na Interpraias. É o ponto de partida para consolidar o projeto Caminhos do Mar. Sem ela, não tem sentido. O projeto vai desenvolver a área cultural, valorizar as propriedades, desenvolver turismo e a gastronomia”, explica o deputado Estadual José Milton Scheffer, lembrando que a Interpraias é de responsabilidade do Governo do Estado.

Por enquanto, apenas uma expectativa

O deputado explica que a análise está sendo realizada em conjunto com a Associação Empresarial de Araranguá e o Extremo Sul Catarinense (Aciva) e com a prefeitura de Araranguá. A expectativa é atualizar o projeto já existente, tornando a ponte moderna, acessível e com menor impacto ambiental.

Outro ponto da proposta é citado pelo vereador e presidente da Câmara de Araranguá, Daniel Viriato. Ele explica que construção da ponte vai contribuir no processo de pavimentação da estrada que liga Morro dos Conventos a Balneário de Ilhas. Além do mais, já existe, conforme o vereador, um projeto que prevê a pavimentação entre Hercílio Luz e Ilhas para até 2020.

O município tem um projeto (para construção da ponte), mas essa é uma obra da Interpraias, com custo de R$ 20 milhões. O município não suporta um investimento desse. Foi feito o pedido ao Governo do Estado junto às demandas da região. Se não fizer a Interpraias, que faça a ponte. Assim damos um jeito de pavimentar a rodovia

 Daniel Viriato, presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá
________________________________________

O presidente da Associação dos Municípios do Extremo Sul (Amesc) e prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, lembra que a estrada que liga o município com a região de Hercílio Luz e Ilhas já está sendo pavimentada. Ele também lembrou que a substituição da balsa pela ponte e a Interpraias significam um importante passo para o desenvolvimento regional.

“Nem se discute a importância dessa obra. É uma obra do Governo do Estado e não há uma sinalização nesse sentido. Por enquanto é apenas uma reivindicação e não há um canal de discussão e negociação. Na nossa área de Maracajá estamos pavimentando e Araranguá também está pavimentando a parte dela. Seria um impulso econômico muito grande. Mas a intenção é somente da parte de quem está reivindicando. Da parte de quem tem a responsabilidade não existe atenção. Estamos nos mobilizando. Precisamos manter a população informada da realidade, que por enquanto tudo não passa de uma expectativa", pondera.

O Portal Engeplus tentou contato por telefone com o prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco, mas não foi atendido. Também tentamos contato com o presidente da Aciva, André Serafim, e não obtivemos retorno.