InternetData CenterAssinante

Tragédia de Santana completa 35 anos nesta terça-feira

Explosão na mina Plano 2 ocorreu no amanhecer do dia 10 de setembro de 1984
Tragédia de Santana completa 35 anos nesta terça-feira
Foto: Arquivo Antônio Colossi
Por Thiago Hockmüller Em 10/09/2019 às 12:21

Uma tragédia marcante para a mineração brasileira completa 35 anos nesta terça-feira. No dia 10 de setembro de 1984, 31 mineiros perderam a vida após uma explosão na mina Plano 2, localizada no Distrito de Santana em Urussanga.  

A mina era administrada pela empresa Companhia Carbonífera Urussanga (CCU). O acidente, causado por gás metano, aconteceu por volta das 5h30 e a maioria das mortes foram provocadas por intoxicação. 

Segundo o repórter da Rádio Eldorado, Antônio Colossi, a retirada dos corpos iniciou somente três dias depois do acidente.

“O resgate dos corpos só pôde ser acelerado devido à dissipação da nuvem de gás metano e monóxido de carbono numa parte da mina. Os corpos encontrados foram conduzidos até um galpão transformado em necrotério, ao lado do hospital Nossa Senhora da Conceição, em Urussanga”, explica. 

Após o acidente, empresas mineradoras da região passaram a formar brigadas especiais de salvamento. O próprio Corpo de Bombeiros também foi melhor equipado.