InternetData CenterAssinante

Regiões comerciais de Criciúma engajadas no aprimoramento dos serviços

CDL descentraliza ações e eventos para promover a qualificação do varejo em toda cidade
Regiões comerciais de Criciúma engajadas no aprimoramento dos serviços
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 11/07/2019 às 15:14

Com o objetivo de descentralizar as ações promovidas pela entidade, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma está promovendo diversos workshops de qualificação do varejo nas regiões comerciais do Rio Maina, Próspera, Quarta Linha, Santa Luzia e Centro. Os encontros trazem temas que visam o aprimoramento dos serviços oferecidos em toda a cidade.

Em agosto o foco da formação será voltado para o atendimento e vendas com workshops com o tema ‘Mais clientes, por favor! Etiqueta profissional para vendas assertivas’ com o palestrante Thiago Francisco. Já em setembro é a vez de aprender sobre Visual Merchandising e comportamento de consumo e como a composição bem sucedida do ambiente de loja impacta na projeção positiva da empresa, com a professora de vitrinismo do Senac, Maya Melo. E em outubro, as redes sociais voltam a ser destaque com mais momentos teóricos e práticos sobre o assunto.

Segundo a presidente da CDL, Andrea Gazola Salvalaggio, aprimorar o conhecimento dos lojistas e comerciários com o foco em experiências de aprendizado contribui para melhorias no atendimento, em gestão e a como consequência será parte importante para o crescimento do comércio. “Nós estamos oferecendo os cursos e eles realmente estão abraçando e dando valor a essas oportunidades de aprender e melhorar. Cada região vai receber as formações. Com conhecimento os profissionais das lojas atuam com mais confiança e qualidade, e o cliente sente isso ao ser bem recebido e saindo satisfeito com a experiência de compra”, considera.

Continuidade

Aproximar as regiões comerciais de Criciúma para aprimorar a qualidade do serviço prestado aos consumidores no município. Foi com esse objetivo que no início de 2019 a CDL de Criciúma foi em direção aos lojistas em todas as regiões comerciais da cidade para identificar as principais demandas de cada uma delas e ampliar a aproximação com as empresas espalhadas pelo município. Nos cinco encontros com comerciantes das microrregionais a entidade colheu informações para balizar o planejamento da gestão focada no atendimento às necessidades levantadas.

“Nós percebemos que a demanda mais latente era a de capacitação dos colaboradores, desde a inserção digital até a criação de uma atmosfera de loja, na montagem de vitrines, ambientes e campanhas. Eventos de aprimoramento das aptidões de gestão também foram bastante demandados nas reuniões nos bairros, o que nos oportuniza mostrar de forma mais eficiente os serviços prestados pela CDL que podem ajudá-los nesse sentido, entre treinamentos e soluções já oferecidas pelas nossas ferramentas”, conta a vice-presidente de Qualificação da CDL de Criciúma, Grislaine Colonetti Garcia. A primeira ação depois dos encontros foi realizada em abril, novamente nas cinco regiões, com edições de um treinamento sobre o sistema SPC, com o objetivo de mostrar as maneiras que o software pode contribuir, sobretudo na gestão e relacionamento com clientes, bem como a recuperação de créditos.

A segunda temporada de ações realizadas no comércio busca ensinar às empresas de varejo uma das principais necessidades apontadas pelos próprios empresários: como as redes sociais podem atrair clientes e auxiliar nas vendas. "Para viabilizar essa demanda, fomos buscar uma parceria com o Senac e tivemos muito sucesso. Cinco treinamentos lotados com o tema Atraia Clientes usando o Instagram. As turmas tinham lojistas e colaboradores de lojas de todos os tamanhos interessadas em aprimorar a presença nessa rede social, constituindo mais um canal de comunicação com os clientes. Um verdadeiro sucesso que rendeu frutos para os participantes", frisa Grislaine.

Desde abril a entidade também conta com o trabalho de uma profissional que visita semanalmente as regiões comerciais da cidade para conversar com os lojistas e representar a CDL, sejam eles associados ou não. A iniciativa aperfeiçoa o processo de relacionamento, levando informações e ouvindo o feedback dos comerciantes, fortalecendo a presença em toda a cidade.

Colaboração: Beatriz Formanski / Alfa Comunicação Empresarial