InternetData CenterAssinante

Prioridades do Sul em discussão no Fórum Parlamentar Catarinense

Governador garantiu R$ 6 milhões para a instalação do Centro de Inovação em Criciúma
Prioridades do Sul em discussão no Fórum Parlamentar Catarinense
Foto: Thiago Hockmüller
Por Thiago Hockmüller Em 24/05/2019 às 17:09

O Fórum Parlamentar Catarinense reuniu na manhã desta sexta-feira, dia 24, diversas lideranças políticas do Estado para debater as prioridades do Sul catarinense. A reunião aconteceu na Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e contou com a participação do ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, que cumpriu agenda na cidade durante a manhã de hoje, e do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.

Entre as diversas pautas do Fórum está o anúncio feito pelo governador do repasse de R$ 6 milhões para a instalação do Centro de Inovação, que vai funcionar em um prédio da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), localizado no Centro de Criciúma, para atender a região. “O Centro de Inovação é prioridade do governo na região. Através de uma parceria com a universidade, a associação comercial e o município, vamos complementar os valores para reformar e adequar uma edificação já existente. De forma célere, vamos contribuir para desenvolver e estimular a economia no Sul catarinense”, explica o governador.

O deputado federal, Julio Garcia, comemorou a decisão do governador. Vale lembrar que este foi um dos principais pontos levantados no fórum e um antigo pleito da região. “Foi um dia de muitas conquistas e o balanço é positivo. A decisão política foi tomada, o governador se sensibilizou e autorizou. Agora temos que vencer a parte burocrática. Temos que celebrar o convênio, descentralizar o recurso e a Unesc trabalhar”, pondera.

O governador Carlos Moisés chegou na cidade pré-disposto a ouvir as nossas demandas e trouxe na bagagem boas notícias, como o Centro de Inovação. A presença do ministro também sinaliza o respeito que o presidente Jair Bolsonaro tem pela nossa cidade e por Santa Catarina. Em pouco mais de 100 dias de governo dois ministros estiveram em Santa Catarina, além do próprio presidente

Deputado Federal Daniel Freitas, articulador da vinda à Criciúma do governador Carlos Moisés e do ministro Bento Albuquerque
_____________________________________________________

A previsão é que o Centro de Inovação tenha cinco mil metros quadrados e um prédio de 3,7 mil m². Terá incubadora e aceleradora de empresas, laboratórios e centros de pesquisa e treinamento. Como anunciado pelo governador, a gestão será feita de forma integrada entre Unesc, Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e a prefeitura, com coordenação do comitê da Região Carbonífera.

Interrogação sobre a maternidade do HSD

O fechamento da maternidade do Hospital São Donato (HSD), previsto para o dia 1º de junho, também foi amplamente discutido durante o Fórum. E mesmo depois do evento o debate seguiu com uma reunião improvisada – e fechada para a imprensa (foto) – entre as lideranças políticas do Sul com o governador Carlos Moisés.

O prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, explica que o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, dará uma resposta segunda-feira sobre a manutenção do contrato que prevê o repasse de R$ 150 mil ao HSD. Se o Estado manter a verba, a maternidade seguirá funcionando. “Enquanto não tiver um modelo diferente, que se cumpra o que está estabelecido no contrato atual”, argumenta.

O fechamento da maternidade foi anunciado ontem pela diretoria do HSD. Os problemas financeiros também atrapalham os planos de ativação de outros 10 leitos da UTI. Segundo informou a diretoria do HSD, o Governo do Estado garante o repasse de apenas R$ 260 mil dos R$ 440 mil previstos pelo protocolo do Ministério da Saúde para a ativação dos leitos. Este problema será discutido novamente com o Estado dentro de 40 dias.

Leia mais sobre: