InternetData CenterAssinante

Prioridades da região são entregues à bancada de deputados do Sul

Plano de Desenvolvimento Regional foram algumas das demandas apresentadas na Acic
Prioridades da região são entregues à bancada de deputados do Sul
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 16/04/2019 às 08:01

Os deputados federais e estaduais do Sul receberam na tarde desta segunda-feira, dia 15, na sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) uma lista com as prioridades da região. As áreas de infraestrutura, logística, saúde, inovação e o Plano de Desenvolvimento Regional tiveram destaque. O evento foi organizado pela Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Acic e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, junto com a bancada de deputados do Sul.

A lista de prioridades é fruto da reunião de Integração Regional, realizada na Amrec, no dia 18 de março, e foi elencada pelos 12 municípios da Amrec e pelas entidades empresariais e universidades.

O presidente da Amrec e prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, fez a apresentação do detalhando de 10 obras de infraestrutura, do Plano de Desenvolvimento Regional, do Centro de Inovação, e do fortalecimento dos serviços oferecidos na área da saúde. As entidades entregaram um documento a cada deputado contendo as prioridades elencadas. “Foi importante que todos estiveram aqui, e nas palavras do presidente da Alesc, Júlio Garcia, não são demandas exageradas. São todas possíveis”, analisou o presidente da Amrec.

Centro de Inovação e Plano de Desenvolvimento

O presidente da Acic, Moacir Dagostin, frisou a necessidade do Plano de Desenvolvimento Regional e do Centro de Inovação de Criciúma. “O Plano de Desenvolvimento é de suma importância para que possamos trilhar os caminhos do futuro da região, criando novas possibilidades de crescimento. Este plano pode ser viabilizado por meio do Porto de Imbituba, que possui recursos disponíveis”, afirma.

Dagostin também afirmou que dos treze centros de inovação projetados pelo Governo do Estado, apenas dois estão funcionando e sete em andamento. “O de Criciúma possui verba disponível de R$ 5,5 mi para a construção da obra, porém este investimento pelo que sabemos será encaminhado para concluir os demais centros de inovação em andamento no Estado. É importante que estejamos unidos e batalhemos pelo que é nosso”, coloca Dagostin.

Lista de Prioridades apresentadas

Infraestrutura

1 – Revitalização da Rodovia Jorge Lacerda;

2 – Revitalização da Serra do Rio do Rastro (Recuperação de todo o pavimento, incluindo o asfalto e sistemas de drenagens, iluminação, sinalização e pinturas);

3 – A quarta parte do Anel de Contorno Viário De Criciúma (com 2,6km, ligando o viaduto do Bairro Vila Zuleima à Rodovia Luiz Lazzarin, no Distrito do Rio Maina);

4 – Pavimentação da Rodovia Jacob Westrup (Total de 12km, faltam 8km);

5 – Conclusão da Rodovia SC-442 – que liga Cocal do Sul ao distrito de Estação Cocal em Morro da Fumaça. Com 10,8 km, sendo 7,5 km já pavimentado, e restando ser pavimentado 800 mt, do lado Cocal do Sul; e 2,5 km, do lado Estação Cocal;

6 – Rodovia Olívio Cechinel SC-445 – Necessidade de duas pontes de ligação da ciclovia;

7 – Obras Complementares da Via Rápida (Uma alça em viaduto; Urbanização, drenagem, sinalização, iluminação e pinturas; Serviço de manutenção, roçadas);

8 – Anel Viário de Cocal Do Sul (16,5 km de rodovia duplicada, do Centro de Urussanga ao Anel Viário de Criciúma);

9 – Urussanga / Lauro Müller – SC 440, via comunidade de Santana (10 km a serem pavimentados);

10 – Rodovia “Leste / Oeste” (Criciúma-Içara-BR101: São 9,6 Km ligando Esplanada, em Içara; à BR 101 e daí à Via Rápida no Bairro N. Senhora da Salete em Criciúma);

- Desenvolvimento Regional (Pautar as ações para um desenvolvimento econômico e social de forma equilibrada e sustentável);

- Demandas Estruturantes para a Grande Região Sul:

* Concessão à iniciativa privada do trecho Sul, com distância entre as praças de pedágio e valores das taxas equivalentes aos da concessão do trecho Norte;

* Anel de Contorno Viário de Biguaçu-São José-Palhoça.

- Aeroporto Regional de Jaguaruna:

* Infraestrutura de operação e de segurança;

* Terminal de carga;

* Novos voos.

- Porto de Imbituba:

* Atração de novas rotas;

- Integração dos modais de transporte:

* Rodoviário – Aeroviário – Ferroviário – Portuário;

* Porto Seco de Criciúma;

- Conclusão da Serra da Rocinha;

- Conclusão da Serra do Faxinal;

- Centro de Inovação de Criciúma;

- Saúde: Fortalecimento e ampliação dos procedimentos de Média e Alta Complexidade-MAC, com mais leitos de UTIs, cirurgias, exames, transplantes, diminuindo o serviço de ambulancioterapia.