InternetData CenterAssinante

População faz fila para comprar vacina contra meningite em Criciúma

A rede informou que 400 doses chegaram à unidade, mas todas foram vendidas
População faz fila para comprar vacina contra meningite em Criciúma
Foto: Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 04/10/2019 às 10:19

Após a morte de duas crianças no início da última semana, a população da região Sul entrou em alerta e nesta sexta-feira, dia 4, diversas pessoas ficaram na fila da Farmácia Sesi, em Criciúma, a procura da vacina. A reportagem do Portal Engeplus esteve na rua Marechal Deodoro, na área Central e acompanhou os pais. Segundo informado pela farmácia, neste momento não há mais doses disponíveis. 

Pelas redes sociais, a instituição Sesi informou que na noite dessa quinta-feira, dia 3, chegaram 400 doses de vacinas de meningite B. A vacina para funcionários da indústria foi comercializada a R$ 465 e para a comunidade em geral a R$ 530. “Nós vimos as notícias na imprensa e nos preocupamos, por isso viemos atrás da vacina. É algo que realmente está nos preocupando e não queremos correr o risco”, relatou o pai de uma criança que não quis se identificar. 

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) preconiza a vacinação contra os cinco sorotipos de meningite meningocócica (A, B, C, W e Y). Destas, o sistema público fornece apenas o tipo C.

O Laboratório Búrigo recebeu nessa quinta-feira, dia 3, 100 doses da vacina meningite B, porém todas já foram vendidas e não há data para chegada de uma nova remessa.

Leia mais sobre: