InternetData CenterAssinante

Pesca da tainha está abaixo do esperado na região Sul de Santa Catarina

A temporada de pesca da tainha termina no dia 31 de julho
Pesca da tainha está abaixo do esperado na região Sul de Santa Catarina
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 22/07/2019 às 12:30

A temporada de pesca da tainha, que iniciou no dia 1º de maio, terminará no próximo dia 31 de julho, mas até esta segunda-feira a pesca não emplacou. O mar agitado e as altas temperaturas registradas no litoral catarinense afastaram os cardumes. Até agora, na Colônia de Pesca Z-33, foram pescados quase 50 toneladas de tainha. Um saldo ruim se comparado à expectativa de chegar no mínimo as 80 toneladas capturadas na última safra, conforme aponta o presidente da Colônia, João Piccolo. 

Piccolo afirma que a safra não trouxe tantos prejuízos aos pescadores, mas os profissionais esperavam mais. “Tínhamos a expectativa de 80 toneladas, chegamos a quase 50 toneladas. Não tivemos prejuízos, isso podemos afirmar. Mas, não tivemos lucros para investimentos futuros como comprar novas redes para as próximas pescas”, explica. 

O presidente da Colônia de Pesca Z-33 relata que em agosto inicia a pesca de anchova. “Em setembro já tem a da corvina também. Esses peixes são pescados com redes diferentes da tainha e não teremos dinheiro para investir nessas redes, pois a tainha não trouxe lucros”, pontua. “Tudo depende da pesca da tainha, mas esse ano foi abaixo do que esperávamos”, acrescenta.

A safra ruim até aqui não é um quadro restrito a região Sul. Piccolo explica que em Santa Catarina ainda não foi registrada uma grande captura. Nos últimos três anos de safra, o melhor saldo foi em 2016. Naquela temporada foram mais de 100 toneladas de tainha capturadas por pescadores da Colônia Z-33. Em 2017, foram 60 toneladas, 20 a menos que em 2018.