InternetData CenterAssinante

Pesca da tainha encerra hoje e menos de 50 toneladas de peixes são retirados do mar

Pescadores terão a partir de agora a pesca da anchova para completar a renda
Pesca da tainha encerra hoje e menos de 50 toneladas de peixes são retirados do mar
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 31/07/2019 às 10:04

Os pescadores da Colônia de Pesca Z-33, em Balneário Rincão, que possui cerca de 400 famílias cadastradas retiraram do mar quase 50 toneladas de tainha. Um saldo abaixo do esperado se comparado à expectativa de chegar no mínimo as 80 toneladas capturadas na última safra, conforme aponta o presidente da Colônia, João Piccolo. A temporada de pesca da tainha termina nesta quarta-feira, dia 31. 

Os profissionais buscam agora na safra da anchova uma oportunidade de melhorar a renda. Segundo o presidente da Colônia de Pesca Z-33, a pesca da tainha não trouxe prejuízos, mas também os pescadores não tiveram lucros. “A safra da tainha do ano passado nos deixou ansiosos para este ano, mas não foi o que esperávamos. Os pescadores terão agora a safra da anchova. Em 2018, foram capturados 30 toneladas de peixe, esperamos que esse ano também tenha um número positivo”, comenta. 

A safra da tainha se encerra hoje, mas há semanas, os pescadores não retiraram peixes do mar. “O frio não chegou e o mar agitado foram fatores que fizeram não termos tantas tainhas em Santa Catarina”, explica Piccolo.

O presidente da Colônia de Pesca Z-33 relata que em agosto inicia a pesca de anchova e em setembro tem a da corvina também. “Esses peixes são pescados com redes diferentes da tainha e não teremos dinheiro para investir nessas redes, pois a tainha não trouxe lucros”, pontua. “Tudo depende da pesca da tainha, mas esse ano foi abaixo do que esperávamos”, finaliza.