InternetData CenterAssinante

Mais de 50 entidades participam do desfile cívico-militar de Criciúma

Desfile encerrou a Semana da Pátria nesta manhã de sábado
Mais de 50 entidades participam do desfile cívico-militar de Criciúma
Foto: Jessica Rosso
Por Jessica Rosso Em 07/09/2019 às 15:11

O desfile cívico-militar de Criciúma ocorreu na manhã deste sábado, dia 7. Pela primeira vez o evento foi realizado na rua José Henrique Mezzari, a Rua da Gente, ao lado do Parque das Nações. O evento teve início às 8 horas e contou com a participação de 51 entidades. O tema deste ano foi ‘Amar a Família, Honrar a Pátria e Respeitar o Próximo’. O evento ocorreu em alusão aos 197 anos da Independência do Brasil. 

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro lembrou a importância da data. "Se somos o que somos, hoje uma nação livre, democrática, devemos muito àquele gesto da Independência. Das datas nacionais a que mais lembra e que mexe com o coração das pessoas, o patriotismo é sem dúvida o 7 de setembro. É a lembrança boa que ficou do nosso tempo de estudante. Apesar de todas  as dificuldades que temos, somos uma nação livre", afirmou.

A cerimônia foi aberta pelo 28º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) Severiano Martins da Fonseca, como já é tradicional. Na sequência desfilaram o 9° Batalhão da Polícia Militar (BPM), o 4º Batalhão do Corpo de Bombeiro Militar (CBM), a Polícia Civil, a Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT), Defesa Civil, Fanfarras do Município, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Associação de Amigos do Autista (AMA-REC/SC), Banda Musical Assembleia de Deus, Associação dos Deficientes Físicos de Criciúma (Judecri), Instituto de Educação Especial Diomício Freitas, Centro de Educação Profissional Abílio Paulo (Cedup), Atendimento Educacional Especializado, Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), EMEIEF Serafina Milioli Pescador (escola e fanfarra), EMEIF Augusto Pavei, EMEIEF Ubaldina Rocha Ghedin, EMEF Dionízio Milioli (escola e fanfarra), EMEIEF Núcleo Hercílio Luz, EMEIEF Prof Jairo Luiz Thomazi, Colégio Kadima, Colégio Soletrando, EMEIEF Angelo de Luca (escola e fanfarra), Projeto Show de Bola, Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC), Faculdade Censupeg, EMEF Jorge da Cunha Carneiro, Centro de Valorização da Vida (CVV), Grupo Escoteiro Tangará, Bombeiro Civil, EMEIEF José Rosso (fanfarra), Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma, Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), EMEIEF Adolfo Back (escola e fanfarra), Programa de Jornada Ampliada Escolar (Projae), Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação, EEB Heriberto Hülse (escola e fanfarra), Núcleo de Dança Valter Savi/Oficinas de Dança da Fundação Cultural, representantes da Festa das Etnias de Criciúma, Legião da Boa Vontade (LBV) (componentes e fanfarras), EEB Humberto de Campos (escola e fanfarra), EMEIEF Filho do Mineiro (escola e fanfarra), EMEIEF Padre Carlos Weck (fanfarra), Clube da Matemática, Satc (escola e fanfarra), EMEIEF Oswaldo Hulse (escola e fanfarra), Cruz Vermelha, Jeep Clube de Criciúma, Motoclube Herdeiros da Liberdade e o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Pedro Raymundo.

Um grupo, que não estava previsto para desfilar na programação do evento, fez uma manifestação durante o desfile, utilizando cartazes. As frases fizeram referência a educação no país, a Amazônia e a reforma da Previdência.