InternetData CenterAssinante

HNSC oferece aulas a crianças internadas para que possam manter sua frequência escolar

Apenas nos seis primeiros meses de 2019, projeto acolheu 150 estudantes
HNSC oferece aulas a crianças internadas para que possam manter sua frequência escolar
Foto: Divulgação / HNSC
Por Redação Engeplus Em 19/10/2019 às 13:27

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, está contribuindo para que crianças e adolescentes internados no setor de pediatria da Instituição continuem estudando, aprendendo e socializando durante o tratamento. No projeto Classe Hospitalar e Brinquedoteca, que existe desde 2002, os pequenos de 4 a 14 anos que passam pela Unidade têm a oportunidade de assistir às aulas diariamente, como no colégio.

Em alguns casos, a longa permanência de crianças e adolescentes em um leito hospitalar pode causar a perda de um ano letivo inteiro, o que dificulta sua reintegração após a cura da doença. Por isso, quando recebem alta, o HNSC fornece a eles um atestado de frequência que pode ser usado como comprovação de continuidade dos estudos, mantendo participação no ano letivo da escola em que está matriculado.

Apenas nos seis primeiros meses de 2019, cerca de 150 estudantes do ensino básico e fundamental que precisaram de internação passaram pela sala de aula do Hospital. As lições e atividades são dadas nos períodos matutino e vespertino, com professores qualificados, e a estrutura conta com uma brinquedoteca, televisão, DVD, livros e material didático.

Socialização também favorece o tratamento

“A longa permanência pode ser necessária para garantir cuidados intensivos para uma criança, mas passar um período fora de casa e com limitação de atividades pode ser bastante incômodo para os pequenos, que são inquietos e cheios de energia por natureza”, comenta a professora Sabrina Pereira Miguel, que dá aulas na Classe Hospitalar e Brinquedoteca do HNSC. Por isso, a professora afirma que, além de garantir o aprendizado contínuo, a iniciativa promove a integração entre as crianças internadas, o que pode refletir em uma recuperação mais rápida da doença que estão enfrentando.

Desde 1995, o Ministério da Justiça e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente estabeleceram uma lista de “Direitos da Criança e do Adolescente Hospitalizados”. Um deles diz que a criança em permanência hospitalar tem “direito de desfrutar de alguma forma de recreação, programas de educação e acompanhamento do curriculum escolar”. O projeto do Hospital Nossa Senhora da Conceição é realizado em parceria com o Governo do Estado de Santa Catarina e a Secretaria Municipal de Educação, com o apoio da Associação das Voluntárias da Pediatria.

Sobre Hospital Nossa Senhora da Conceição 

Fundado na cidade de Tubarão em 1904 pelas Irmãs da Divina Providência, o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) é o maior hospital de Santa Catarina em número de leitos, totalizando 395, e oferece mais de 40 especialidades. A instituição é referência como hospital geral para o Sul de Santa Catarina, atendendo toda a região da Amurel (Associação dos Municípios da Região de Laguna) e, em algumas especialidades, as regiões da Amrec (Associação dos Municípios da Região Carbonífera) e Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul de Santa Catarina). Desde 2015 é administrado pela Associação Congregação de Santa Catarina, entidade filantrópica que atua em todo o Brasil.

O HNSC conta com um moderno centro de diagnóstico por imagem e procedimentos de alta complexidade, além de ser integrante da Rede Nacional de Pesquisa Clínica, sendo também um hospital de ensino. De 2001 até o momento mantém o título de “Hospital Amigo da Criança”, do Ministério da Saúde, e disponibiliza o Disque-Amamentação, serviço gratuito de informações sobre amamentação para toda a comunidade da região.

Sobre a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC)

Com mais de 120 anos de atuação no Brasil, a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) é responsável pela administração de 22 entidades em três segmentos de atuação: Educação, Saúde e Assistência Social. A ACSC criou um modelo de gestão autossustentável onde todo superávit gerado por nossos negócios é aplicado integralmente em nossas obras, nos três segmentos, a fim de executar dignamente suas atividades e acolher e cuidar do ser humano em todo o ciclo da vida. Ao todo, são cerca de 14 mil colaboradores distribuídos em diversas instituições de saúde, mantendo inúmeros estabelecimentos de ensino e acolhendo crianças, adultos e idosos em espaços assistenciais, com atendimento humanizado e serviços de qualidade para milhares de pessoas em seis estados brasileiros (Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo).

Atualmente, na área de educação, as instituições da ACSC oferecem ensino de qualidade a 4.934 alunos, com 1.005 deles contemplados com bolsas integrais assistenciais. As entidades de saúde realizam anualmente 111 mil internações, 558 mil atendimentos de urgência e emergência, 2 milhões e 40 mil atendimentos ambulatoriais, 4 milhões e 913 mil exames, sendo 73,7% dos atendimentos destinados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia mais sobre: