InternetData CenterAssinante

Epagri lança feijão de alta produtividade em Chapecó

Grão é recomendado para cultivo nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul
Epagri lança feijão de alta produtividade em Chapecó
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 01/12/2019 às 22:10

A Epagri lança seu sexto cultivar de feijão, o SCS206 Potência, em Chapecó. O ato fez parte das comemorações dos 28 anos da empresa, que realiza durante novembro atividades por todo o estado, com lançamento de tecnologias para produção sustentável. A alta produtividade é uma das principais características da nova variedade da leguminosa.

O SCS206 Potência é um feijão preto, recomendado para cultivo nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Foram necessários 15 anos de estudos do Programa de Melhoramento Genético de Feijão (PMGF) da Epagri/Cepaf para chegar ao Potência.

O novo cultivar da Epagri apresentou produtividade 11% superior em relação a duas variedades da leguminosa em todos os locais avaliados. Comparando o rendimento de grãos em relação aos cultivares Uirapuru e BRS Campeiro, apresentou produtividade superior de 116,52% e 106,02%, respectivamente. A resistência das plantas à antracnose é outro aspecto importante do novo material genético.

O feijão tem a terceira maior área semeada entre grãos no Brasil, com mais de 3 milhões de hectares cultivados. A região Sul é responsável por mais de 40% da produção total e mais de 96% da produção de feijão-preto no país. Os agricultores familiares respondem por 70% da produção nacional. Em Santa Catarina, o feijão é cultivado em todas as regiões, com destaque para os Planaltos Norte e Serrano na safra, e para o Oeste e o Litoral Sul na safrinha. Essa leguminosa é uma das mais importantes fontes de proteína vegetal, cálcio, ferro, fósforo e vitaminas do complexo B para humanos.

Dia de Campo

O lançamento do feijão Potência esteve inserido no II Dia de Campo da Epagri/Cepaf, que ocorreu na área dos cultivos experimentais da unidade. Foi uma oportunidade para agricultores e a sociedade em geral conhecerem resultados das pesquisas desenvolvidas pela Epagri.

No Dia de Campo foram apresentadas diversas tecnologias para produção sustentável de alimentos. Na pecuária, foram apresentadas pastagens perenes. Em feijão e milho, além dos cultivares da Epagri, os pesquisadores demonstraram manejo integrado de doenças, densidade de semeadura e controle de invasoras, entre outros aspectos. Também houve uma estação dedicada ao tema solos, abordando manejo, conservação e adubos de cobertura. A estação da soja tratou principalmente do manejo de doenças e pragas. Os visitantes ainda conheceram o manejo e fitotecnia para cultivo de citros e de maracujazeiro.

Colaboração: Comunicação Epagri