InternetData CenterAssinante

Entregue primeira etapa da ampliação do Hospital Unimed

A Unidade de Coleta laboratorial será o primeiro setor a funcionar no Anexo I
Entregue primeira etapa da ampliação do Hospital Unimed
Por Redação Engeplus Em 05/04/2019 às 16:17

Leitos com tecnologia avançada canadense; UTI Neonatal, procedimentos cirúrgicos cardíacos e avanços no nível de atendimento Neurológico e de Oncologia. Estes são alguns dos serviços a serem oferecidos, gradativamente, com a ampliação do hospital. Na noite desta quinta-feira, dia 4, foi realizado a inauguração da estrutura física do Anexo I. O evento aconteceu no hall de entrada da edificação.

O desenlace da fita inaugural contou com a participação da atual e nova gestão eleita, ex-presidentes, além de convidados e imprensa local. O presidente da Unimed Criciúma, Dr. Ney Junqueira, foi um dos idealizadores e esteve à frente do projeto.

“Construímos o hospital com planejamento para atender a demanda durante dez anos e em cinco anos ele se tornou pequeno. Hoje, estamos inaugurando a primeira fase da ampliação da instituição hospitalar. Fizemos o projeto buscando atender as prioridades baseadas em estudos técnicos, com maior número de leitos, ampliação do Centro Cirúrgico e reformulação da Clínica da Mulher, com uma UTI Neonatal”, cita. “Incluímos também a ampliação do Pronto Atendimento, mudança nas estruturas de apoio e um novo espaço para procedimentos ambulatoriais”, complementa. Durante a solenidade, Dr. Junqueira recebeu algumas homenagens.

Com toda a ampliação em funcionamentoa instituição hospitalar passará a contar com cerca de 14 mil m² de área construída. Atualmente, já foram investidos R$ 25 milhões, que inclui a parte estrutural e equipamentos. A previsão total é de R$ 57 milhões até o funcionamento de todos os setores. Será a instituição hospitalar mais bem equipada da região Sul do Estado, com o uso de tecnologia e conectividade. “Em 2008, a abertura do hospital da Unimed causou uma revolução no modelo de gestão, atendimento e relacionamento com pacientes, médicos e colaboradores, através de práticas inovadoras. A instituição hospitalar foi a pioneira na maioria das inovações tecnológicas existentes no sul do Estado e equivalente aos melhores hospitais do Brasil”, lembra o novo presidente da Unimed Criciúma, Dr. Leandro Avany Nunes. 

Segundo Nunes, esta mudança de paradigma atribuiu ao hospital um rápido crescimento na demanda, necessitando ampliar sua estrutura. “Com o espírito empreendedor dos médicos cooperados da Unimed, hoje está sendo inaugurado a primeira etapa de 6 mil m² desta ampla obra, bem projetada e interativa, para melhorar ainda mais o atendimento a toda grande Criciúma”. “Nesta nova gestão temos como desafio quebrar novos paradigmas e tornar a relação médico, usuário, cooperativa cada vez melhor, dando a região da AMESC e AMREC a saúde que todos merecem. Levando o plano de saúde Unimed a todas as empresas e famílias, pois ter um “seguro" de saúde é ter uma garantia de uma vida tranquila e melhor”, finaliza. 

Tecnologia e conectividade a serviço do paciente

A Unidade de Coleta laboratorial será o primeiro setor a funcionar no Anexo I, com previsão para daqui 20 dias. Com espaço mais amplo para atender os pacientes, contará com 250m² quadrados. Hoje, funciona em ambiente de 30m² quadrados.Gradativamente, começará a funcionar no segundo piso a Quimioterapia; terceiro andar o setor de Métodos Gráficos (exames de Cardiologia) e Endoscopia.

Para o mês de maio entra em funcionamento, no Anexo 2, as duas alas de internação, com 41 leitos importadas do Canadá. As acomodações possuem conectividade, central de monitoramento do paciente pela equipe de enfermagem, estrutura com grades reforçadas e posição para inclinação de até 20 cm, promovendo mais segurança e conforto aos acamados.

Já no subsolo do Anexo 2, ficará as acomodações dos colaboradores, Engenharia Clínica, Farmácia e Almoxarifados. No primeiro piso, funcionará o Centro Cirúrgico, Laboratório de Análises Clínicas, Centro de Imagem (ressonância magnética e tomografia); segundo andar o Centro Obstétrico, Clínica da Mulher e UTI Neonatal. No terceiro e quarto andar, ficarão as alas de internação e no piso superior o setor administrativa e de convivência.