InternetData CenterAssinante

Defesa Civil pede aos que puderem que permaneçam em casa

Situação é preocupante na Região Sul do Estado
Defesa Civil pede aos que puderem que permaneçam em casa
Foto: Divulgação
Por Heitor Carvalho e Amanda Garcia Ludwig Em 24/05/2019 às 19:51

O coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, alertou que aqueles que puderem, devem permanecer em suas casas até que a chuva pare. A situação, segundo ele, é preocupante no Sul de Santa Catarina.

Na SC-108, em Urussanga, houve um deslizamento de terra, o que exige atenção redobrada dos motoristas. Içara e Cocal do Sul também registraram ocorrências por conta da chuva. Assim como Morro da Fumaça, que está com a região central alagada, o que também oferece risco aos moradores.

Em Criciúma, de acordo com o coordenador da Defesa Civil da cidade, Dioni Borba, o órgão já solicitou o apoio do Exército no atendimento a famílias que estão em áreas de risco, em especial aquelas localizadas no bairro Linha Batista. O Grupo de Apoio Comunitário (GRAC) e o Corpo de Bombeiros, junto a Defesa Civil e o 28° Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) estão no local. Um abrigo provisório foi montado no Salão Comunitário do bairro Quarta Linha e voluntários estão recebendo as pessoas.

Outros pontos preocupantes do município são os bairros Progresso, Vila Francesa e Boa Vista, nesses locais equipes dos Bombeiros e Defesa Civil atuam para auxiliar moradores que sofrem com os alagamentos.